Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Sumário

Volume 3
Número 1
2011





Editorial

Modificações na Surgical

Changes in S&CD

Dra. Bogdana Victoria Kadunc

Resumo:


Artigos Originais

Abordagem nutricional do envelhecimento cutâneo: correlação entre os efeitos em fibroblastos e os resultados clínicos

Nutritional approach to skin aging: correlation between the effects on fibroblasts and clinical results

Flávia Alvim Sant’Anna Addor

Resumo: Introdução: Alguns alimentos podem ter valor terapêutico na abordagem do fotoenvelhecimento. Objetivo:Avaliar clinicamente a eficácia de um suplemento nutricional na melhora de sinais de fotoenvelhecimento e correlacionar com estudo in vitro. Métodos: Foram avaliadas 48 pacientes com clínica de fotoenvelhecimento em uso de um suplemento nutricional (com cultura para fibroblastos) com observações em 56, 84 e 112 dias.As avaliações foram clínicas e instrumentais (por cutometria). Resultados: Houve melhora progressiva e significativa (p<0,05) da elasticidade, firmeza, linhas finas e aparência geral da pele.A cultura de fibroblastos demonstrou significativa taxa de síntese de colágeno com relação à cultura-controle, após 48 horas de incubação. Discussão: Algumas vitaminas e compostos naturais possuem, em uso oral, propriedades terapêuticas sobre os sinais de fotoenvelhecimento. Este estudo demonstrou que a associação de óleo de linhaça, licopeno, carotenoides , vitamina E, zinco e selênio possivelmente melhoram os sinais de envelhecimento não somente por mecanismos antioxidantes e anti-inflamatórios, mas também por aumento da colagênese. Conclusões: Os suplementos alimentares são aliados no cuidado com a pele fotoenvelhecida.


Palavras-Chave: FIBROBLASTOS, ENVELHECIMENTO DA PELE, ANTIOXIDANTES

Estudo duplo-cego e randomizado do peeling de ácido retinoico a 5% e 10% no tratamento do melasma: avaliação clínica e impacto na qualidade de vida

Double-blind randomized study of 5% and 10% retinoic acid peels in the treatment of melasma: clinical evaluation and impact on the quality of life

Geraldo Magela Magalhães, Maria de Fátima Melo Borges, Aline Raissa de Carvalho Queiroz, Ana Andrade Capp, Sabrina Veloso Pedrosa, Michelle dos Santos Diniz

Resumo: Introdução: o melasma é dermatose de alta prevalência que provoca grande impacto na qualidade de vida dos pacientes. Seu tratamento é um desafio. O índice de área e gravidade do melasma – Masi, e o Melasma Quality of Life Scale – MelasQoL são instrumentos úteis na avaliação clínica e do impacto na qualidade de vida, respectivamente. Objetivo: estudar, através do Masi e MelasQoL, o efeito do peeling de ácido retinoico em pacientes portadoras de melasma, comparando as concentrações de 5 e 10%. Métodos: 30 pacientes foram randomizados e submetidos a peelings de ácido retinoico a 5% ou 10% nas semanas 0, 2, 4 e 6.As pacientes foram submetidas à avaliação clínica, através do Masi e à avaliação da qualidade de vida, através do MelasQoL, nas semanas 0 e 8. Resultados: na avaliação global dos dois grupos houve redução estatisticamente significativa de ambos os índices após os tratamentos. Quando se compararam os peelings de ácido retinoico a 5 e 10% não se observou diferença estatisticamente significativa entre as variáveis Masi e MelasQoL. Conclusões: o peeling de ácido retinóico é eficaz e seguro no tratamento do melasma, como tratamento isolado, e não há diferença da melhora quando se comparam as concentrações de 5% e 10%.


Palavras-Chave: MELANOSE, TRETINOÍNA, TERAPÊUTICA, QUALIDADE DE VIDA

Toxina botulínica em hiperidrose plantar avaliada através de sistema de imagens digitais

Botulinum toxin in plantar hyperhidrosis assessed by a digital imaging system

Bhertha M.Tamura, Tatiana Basso Biasi, Raquel Leão Souza, Luiz Carlos Cucé

Resumo: Introdução: A hiperidrose é uma doença caracterizada pela transpiração excessiva e descontrolada, sendo a toxina botulínica o tratamento mais atual. Objetivo: A toxina botulínica do tipo A age através do bloqueio transitório da liberação da acetilcolina nas fibras colinérgicas autônomas, reduzindo a transpiração. O emprego desse tratamento tem aumentado à medida que os pacientes reconhecem a eficácia da substância. Métodos: Sete pacientes foram tratados com uma dose total de 100U de toxina botulínica. Os resultados foram avaliados com base nas opiniões dos pacientes e dos médicos, e em fotografias digitais analizadas por sistema Image Pro®. Resultados: Os pacientes apresentaram, em média, uma melhora clínica da hiperidrose da ordem de 73%. O processo foi documentado fotograficamente. Conclusões: Não há necessidade da utilização de doses altas de toxina botulínica para a obtenção de bons resultados.vitiligo; avaliação; protetores de raios solares.


Palavras-Chave: TOXINAS BOTULÍNICAS, HIPERIDROSE, HIPERIDROSE/TRATAMENTO

Estudo comparativo entre escores de dor após uso de duas preparações de lidocaína tópica

Comparing the pain ratings of two topical lidocaine preparations

Ivander Bastazini Júnior, Ana Luiza Grizzo Peres Martins, Fernanda Simões Alves, Dejair Caitano do Nascimento

Resumo: Introdução: Os procedimentos cosmiátricos têm aumentado, e com eles, a busca de analgesia eficiente e segura. Os anestésicos tópicos são opção às anestesias infiltrativas, devendo promover analgesia adequada e atuar na pele íntegra, sem induzir efeitos adversos. Objetivo: Comparar os escores de dor entre duas formulações tópicas de lidocaína, em pacientes submetidos à terapia com laser fracionado de CO2. Métodos: Oito pacientes foram submetidos a uma sessão de laser de CO2 fracionado, após a aplicação de formulação industrializada de lidocaína 4% na hemiface direita e formulação magistral de lidocaína 30% associada à tetracaina 7% na hemiface esquerda. A intensidade da dor foi avaliada através da escala visual analógica de dor (EVA) no final do procedimento. Resultados: Os anestésicos tópicos, nas formulações magistral e industrializada, não apresentaram diferença estatisticamente significativa na avaliação dos escores de dor. Conclusões: Os dados sugerem que fórmulas com grande concentração de anestésicos não são mais eficientes em produzir analgesia do que as formulações industrializadas.


Palavras-Chave: ANESTESIA, ANESTESIA E ANALGESIA, LASERS

Excisão triangular cutânea com fechamento primário

Cutaneous triangular excision with primary closure

Ézio Augusto Amaral Filho, Adma Silva de Lima Wojcik, Fabiane Andrade Mulinari Brenner, Jesus Rodriguez Santamaria, Betina Werner

Resumo: Introdução: Tumores cutâneos são frequentes e podem apresentar crescimento irregular, cujas ressecções resultam em figuras geométricas variadas. Objetivo: Descrição de técnica de excisão em triângulo seguida de fechamento primário para tratamento de neoplasias cutâneas. Métodos: Foram estudados 11 pacientes com tumores de pele medindo entre 1,8 e 5,7cm em regiões anatômicas que favoreceram a utilização de incisões no formato de triângulo equilátero seguidas de fechamento primário. Resultados:Todos os casos tiveram seus defeitos cirúrgicos fechados com a formação de cicatriz em formato de Y. No pós-operatório foram observados dois casos de deiscência parcial da sutura. Conclusões: A técnica cirúrgica de fechamento primário de excisão triangular de pele apresenta bom resultado estético e bom controle de margens cirúrgicas conservando tecido adjacente.


Palavras-Chave: ONCOLOGIA, PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS AMBULATÓRIOS, NEOPLASIAS CUTÂNEAS

Melasma e laser fracionado não ablativo (1540nm): um estudo prospectivo

Melasma and non-ablative (1540 nm) laser: a prospective study

Denise Steiner, Carla Arantes Bertolucci Buzzoni, Fernanda Ayres de Morais e Silva, André César Antiori Freire Pessanha, Elisangela dos Santos Boeno, Thiago Vinicius Ribeiro Cunha

Resumo: Introdução: Diversos tratamentos têm sido propostos para o melasma porém todos com variáveis limitações. Em 2006 a FDA aprovou a fototermólise fracionada para o tratamento dessa dermatose. Objetivos: Avaliar a evolução clínica, através de métodos objetivos, de pacientes com melasma tratadas isoladamente com a fototermólise fracionada. Métodos: Estudo de intervenção terapêutica, aberto, prospectivo, de 20 pacientes com diagnóstico clínico de melasma. Os critérios de exclusão foram terapia hormonal, uso de retinoides orais, infecções cutâneas, gravidez e amamentação. Foram realizadas três sessões de laser fracionado não ablativo a intervalos de quatro semanas. Os parâmetros utilizados foram: Pulso = 15ms e energia crescente a cada sessão = 8 - 10 - 12J. Masi e colorimetria (com índices ITA, L, a, b) foram os parâmetros de avaliação utilizados antes do tratamento e quatro semanas após sua última sessão. Resultados: Completaram o estudo 18 pacientes do sexo feminino com idade entre 23 e 48 anos e fototipos de II a IV (Fitzpatrick). Realizaram-se o Masi em 17 e a colorimetria nas 18 pacientes. Houve redução estatisticamente significante da escala Masi (p < 0,0001, IC95%) e aumento médio dos índices L (p = 0,0003, IC 95%) e ITA (p = 0,0017, IC 95%) na colorimetria, traduzindo redução da pigmentação. Conclusões: A fototermólise fracionada mostrou-se opção segura e eficaz para o tratamento do melasma, apontando para alternativa a se somar aos tratamentos convencionais.


Palavras-Chave: MELANOSE, LASERS, COLORIMETRIA

Efeito do uso de silicone em spray na reparação cutânea em procedimentos envolvendo ablação epidérmica: estudo de 20 casos

Use of silicone spray in cutaneous repair in dermal ablation procedures: study of 20 cases

Flávia Alvim Sant'Anna Addor

Resumo: Introdução: Não existe padronização dos cuidados imediatos após procedimentos de ablação epidérmica; a escolha cuidadosa dos produtos pode oferecer maior conforto ao paciente e menores riscos e períodos de recuperação e complicações Objetivo: Analisar a segurança e eficácia do silicone em spray na reparação tecidual de dois procedimentos de ablação epidérmica, o laser YSGG ablativo fracionado de 2790nm e a dermoabrasão. Métodos: Foram avaliados 20 pacientes com fotoenvelhecimento ou cicatrizes de acne, divididos aleatoriamente em dois grupos iguais; cada paciente usou de forma aleatorizada em cada hemiface, o silicone spray e vaselina líquida como controle. Todos os pacientes foram submetidos à medida de perda de água transepidérmica. Resultados: Todos os pacientes completaram o estudo; o eritema e a ardência foram os achados mais comuns, sendo significativamente mais frequentes na área de aplicação da vaselina. Conclusões: O silicone em spray se mostrou seguro e eficiente nos cuidados após procedimentos ablativos epidérmicos, sendo significativamente superior à vaselina no controle da ardência e do eritema.


Palavras-Chave: SILICONES, CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS, DERMABRASÃO, TERAPIA A LASER

Educação médica continuada

Complicações com o uso de lasers.Parte I: lasers não ablativos não fracionados

Complications in laser dermatologic surgery Part I: Non-fractional non-ablative lasers

Ana Beatriz Palazzo Carpena El Ammar, Francine Batista Costa, Célia Luiza Petersen Vitello Kalil, Valeria B. Campos

Questões e Gabaritos do número anterior


Resumo: Atualmente os procedimentos com laser são amplamente utilizados na prática dermatológica por serem pouco agressivos, proporcionarem ótimos resultados e pós-operatório com rápida recuperação. São indicados para o tratamento do fotoenvelhecimento e remoção ou atenuação de alterações vasculares, pigmentares, cicatrizes e pelos.Apresentam perfil de alta segurança; contudo, se utilizados inadequadamente podem causar complicações. O objetivo deste estudo é promover o reconhecimento dos efeitos colaterais que os diversos lasers e seu manejo podem causar, uma vez que existem poucos trabalhos a respeito. Isso é fundamental para o melhor atendimento do paciente, prevenindo morbidades e sequelas. Na parte I abordam-se os efeitos colaterais provocados pelos lasers não ablativos e não fracionados, e na parte II os relativos aos lasers ablativos fracionados e não fracionados e lasers não ablativos fracionados.


Palavras-Chave: LASERS, COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS, EPILAÇÃO, TERAPIA A LASER, HIPERPIGMENTAÇÃO

Artigo de revisão

Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e perspectivas de utilização em dermatologia

Adipose tissue derived stem cells: isolation, in vitro culture and potential uses in dermatology

Vania M. F.Yokomizo, Tania M. H. Benemond, Fabiana F. Bressan, Juliano R. Sangalli, Naira C. G. Pieiri, Juliana B. Casals, Daniele S.Martins, Flávio V.Meirelles

Resumo: É extensa a literatura existente sobre as características e potenciais terapêuticos das células-tronco mesenquimais adultas, e a possibilidade de seu isolamento a partir de tecido adiposo excedente de outros procedimentos é promissora e extremamente desejável. Os protocolos para tal utilização, porém, ainda são descritos de maneira sumarizada e não padronizada. O objetivo dessa comunicação é apresentar um protocolo simples, prático e eficaz tanto da coleta do tecido adiposo em ambiente hospitalar quanto do isolamento e cultivo, em laboratório, in vitro de células-tronco mesenquimais adultas derivadas de tecido adiposo, com a finalidade de discutir as perspectivas da utilização dessa técnica na dermatologia.


Palavras-Chave: CÉLULAS-TRONCO ADULTAS, DERMATOLOGIA, CÉLULAS-TRONCO, TECIDO ADIPOSO, TERAPIA CELULAR

Relatos de casos

Tratamento de queloide: comparação entre infiltrações intralesionais com 5-fluorouracil, corticosteroide e 5-fluorouracil associado a corticosteroide

Keloid treatment: comparative intralesional injections of 5-fluorouracil, corticosteroid and 5-fluorouracil combined with corticosteroid

Carolina Okada Zerbini Guimarães, Meire Brasil Parada, Ediléia Bagatin

Resumo: O queloide representa proliferação fibrosa exagerada da pele após injúria. É considerado de difícil tratamento, com baixa eficácia de medidas isoladas, demandando, na maioria dos casos, combinações de técnicas. Descreve-se caso de cicatriz queloidiana na região pubiana em incisão cirúrgica de miomiectomia. A cicatriz foi dividida em três partes tratadas com infiltração intralesional de 5-fluorouracil, corticosteroide e 5-fluorouracil associado a corticosteroide


Palavras-Chave: CICATRIZ, QUELOIDE, TERAPÊUTICA

Angiossarcoma primário em couro cabeludo e hanseníase virchowiana: associação incomum em paciente idosa

Primary angiosarcoma of the scalp and lepromatous leprosy: an uncommon combination in an elderly patient

Natália Braga Hortêncio Juca, Weline Lucena Landin Miranda, Igor Santos Costa, Luciana Maria Pereira de Oliveira, Heitor de Sá Gonçalves

Resumo: Introdução: Os sarcomas cutâneos primários são neoplasias mesenquimais raras e de grande heterogeneidade histopatológica. O angiossarcoma é um subtipo de sarcoma cutâneo maligno pouco comum, que atinge preferencialmente homens idosos. De localização típicamente cefálica, apresenta-se como lesões multifocais que levam a edema, sangramento e ulceração locais. São agressivos, de crescimento rápido e difícil delimitação de margens cirúrgicas, o que explica altas taxas de recorrência. Descreve-se caso de angiossarcoma primário em couro cabeludo de paciente idosa em uso de poliquimioterapia para hanseníase virchowiana. Associação de angiossarcoma e hanseníase é incomum. A ausência de relatos semelhantes na literatura motivou a descrição do caso.


Palavras-Chave: NEOPLASIAS CUTÂNEAS, SARCOMA, HANSENÍASE VIRCHOWIANA

Novas Técnicas

Variações técnicas em Cirurgia Micrográfica

Technical variations in Mohs Micrographic Surgery

Guilherme Augusto Gadens, Paulo Rodrigo Pacola, Leonard H.Goldberg

Resumo: Introdução: A cirurgia micrográfica de Mohs é método amplamente difundido e consagrado nos Estados Unidos, sendo hoje considerado tratamento padrão ouro para diversas situações envolvendo neoplasias cutâneas. Desde a sua primeira descrição pelo Dr. Frederic E. Mohs, a cirurgia micrográfica vem passando por constante processo de modificações e adaptações com o objetivo de desenvolver variações técnicas que melhor se adaptem à rotina diária dos cirurgiões dermatológicos. O presente artigo tem o objetivo de demonstrar as diferentes e inovadoras técnicas em cirurgião micrográfico de Mohs.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS, CARCINOMA BASOCELULAR, CARCINOMA, CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS

Técnica do anel para correção de cicatrizes inestéticas periauriculares

Ring technique for the correction of unaesthetic periauricular scars

Marina Emiko Yagima Odo, Lilian Mayumi Odo, Luiz Carlos Cucé

Resumo: As cicatrizes inestéticas alargadas ou hipertróficas periauriculares podem ser decorrentes da tensão sobre a sutura das incisões da ritidoplastia. Em estudo retrospectivo de cinco anos, 10 pacientes do sexo feminino portadoras de cicatrizes inestéticas foram tratadas com a técnica do anel periauricular. Utilizou-se o fio de politetrafluoretileno em seis casos e o de mononylon 2-0 duplo em quatro casos, introduzidos com agulha de fáscia lata sem bisel. Após a exerese da cicatriz, as bordas foram aproximadas, e o anel amarrado e fixado na fáscia do músculo temporal. O resultado foi satisfatório. Em dois casos os fios foram removidos sem alteração do resultado estético final das cicatrizes.


Palavras-Chave: CICATRIZ, CICATRIZ HIPERTRÓFICA, RITIDOPLASTIA, ORELHA

Uso de microcânulas em tratamentos de restauração do volume facial com ácido poli-L-lático

The use of microcannulas in facial volume restoration treatment with Poly-L-Lactic acid

Rachel Calcagnotto Garcia, Adriano Calcagnotto Garcia

Resumo: O uso de ácido poli-L-lático (PLLA) vem aprimorando os procedimentos de preenchimento e restauração de volume. Por ser abordagem extensa com produto injetável, observa-se alguma resistência por parte dos pacientes, temendo a dor e equimoses posteriores. Além disso, a técnica com agulha curta tradicionalmente utilizada dificulta a abordagem de regiões profundas. Descreve-se, então, nova forma de aplicação, utilizando microcânula (instrumento longo de ponta romba) 40 x 0,8mm, com retroinjeção em algumas áreas da face. Essa nova abordagem apresentou resultados satisfatórios, com boa aceitação pelos pacientes e redução de efeitos adversos.


Palavras-Chave: ENVELHECIMENTO DA PELE, PELE, ENVELHECIMENTO, INFILTRAÇÃO

Diagnóstico por Imagem

Análise Pré-operatória de tumores cutâneos

Preoperative analysis of cutaneous tumors

Carlos Barcaui

Resumo: A dermatoscopia pode ser utilizada na análise pré-operatória de tumores melanocíticos, e não melanocíticos. Demonstra-se a utilidade desta técnica: na escolha do melhor local para realização de biópsias incisionais, na delimitação das margens tumorais, na estimativa pré-operatória da espessura tumoral do melanoma e na triagem de recidivas.


Palavras-Chave: DERMATOSCOPIA, CIRURGIA, DERMATOLOGIA, MELANOMA

Comunicações

Alta incidência de Xeroderma Pigmentosum em comunidade no interior de Goiás

High incidence of Xeroderma Pigmentosum in a countryside community in the state of Goiás, Brazil

Sulamita Costa Wirth Chaibub

Resumo: Relata-se a identificação de um povoado, o distrito de Araras, no município de Faina, a 242km de Goiânia, Brasil, que apresenta alta frequência de habitantes portadores de Xeroderma Pigmentosum. Concluiu-se diagnóstico clínico compatível com essa doença em 20 pacientes até o momento. Os relatos dos familiares, porém indicam cerca de outras duas dezenas de óbitos decorrentes de sintomas característicos de Xeroderma Pigmentosum. Trata-se possivelmente de relato sem precedentes na literatura em razão da extensão da prevalência familiar, da variação de idade dos pacientes e das diferentes características das manifestações clínicas.


Palavras-Chave: XERODERMA PIGMENTOSO, NEOPLASIAS CUTÂNEAS, GENÉTICA, EPIDEMIOLOGIA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações