Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Sumário

Volume 2
Número 2
2010





Editorial

Caros amigos dermatologistas

Dear Dermatologists

Bogdana Victoria Kadunc

Resumo:


Artigos Originais

Avaliação da segurança e eficácia de novo preenchedor à base de ácido hialurônico no tratamento dos sulcos nasolabiais e contorno dos lábios

Safety and efficacy evaluation of a new hyaluronic acid based filler in the treatment of nasolabial folds and lips outline

Sergio Talarico, Karime Marques Hassun, Érica de Oliveira Monteiro, Meire Odete Brasil Parada, Laura Bariquelo Buratini, Lúcia Arruda, Ediléia Bagatin

Resumo: Introdução: o uso da técnica de preenchimento cutâneo vem crescendo nos últimos anos. O ácido hialurônico é um dos preenchedores dérmicos temporários mais usados na correção de rugas, linhas e sulcos faciais por ser seguro e eficaz. Objetivo: avaliar a eficácia e segurança do produto Perfectha®, novo preenchedor à base de ácido hialurônico, para a correção dos sulcos nasolabiais e contorno dos lábios. Métodos: estudo aberto, multicêntrico, não randomizado, não controlado, incluindo 87 mulheres saudáveis.A avaliação da eficácia foi realizada através das escalas de melhora estética global (Global Aesthetic Improvement Scale - GAIS) e da classificação de gravidade das rugas (Wrinkle Severity Rating Scale - WSRS). A segurança foi avaliada por observação e relato de eventos adversos. Resultados: uma semana após a aplicação do preenchedor, foi observada melhora nos sulcos nasolabiais de 86% das mulheres e nos lábios de 89% delas. Reação inflamatória, transitória, leve ou moderada e equimoses ocorreram em 15% e 9% das pacientes, respectivamente, sobretudo nos sulcos nasolabiais. Duas pacientes apresentaram herpes simples labial após o tratamento dos lábios. Os bons resultados se mantiveram em 76% e 57% das mulheres, nos sulcos nasolabiais e em 72% e 45% delas nos lábios, após três e seis meses, respectivamente. Conclusão: o preenchedor Perfectha® mostrou-se eficaz e seguro para essas indicações.


Palavras-Chave: ÁCIDO HIALURÔNICO, PELE, INFLAMAÇÃO

Rejuvenescimento com terapia fotodinâmica: melhora clínica e análise do colágeno e das fibras elásticas

Rejuvenation with photodynamic therapy: clinical improvement, collagen and elastic fiber analysis

Ana Carolina Ferolla, Bertha M.Tamura, Luis Carlos Cucé

Resumo: Introdução: Atualmente a terapia fotodinâmica é considerada uma modalidade terapêutica com resultados promissores no tratamento do fotoenvelhecimento moderado. Objetivo: Avaliação dos resultados clínicos e das mudanças histológicas no colágeno e nas fibras elásticas após a realização da terapia fotodinâmica com ácido 5-aminolevulínico. Métodos: Pacientes do sexo feminino foram submetidas a três sessões a cada duas semanas, de terapia fotodinâmica com acido 5-aminolevulínico irradiado por luz vermelha de Diodos Emissores de Luz de 630 nm. Foi avaliada a melhora clínica do fotoenvelhecimento através de método semi-quantitativo usando os escores: 0 = ausência de reação; 0.5 = reação muito fraca; 1.0 = reação discreta; 2.0 = reação moderada; 3.0 = reação intensa.As mudanças do colágeno e do tecido elástico dérmico corados respectivamente pelos métodos de Picrossirius e de Weigert-oxone, foram avaliadas por histomorfometria no período prévio ao procedimento, 24 horas após a primeira sessão e 21 dias após a terceira sessão. Resultados:Treze pacientes foram incluídas nesse estudo analítico e prospectivo. Na avaliação clínica, 21 dias após o último tratamento, 12 pacientes apresentaram melhora do fotoenvelhecimento, especialmente no que diz respeito à cor e textura da pele, clareamento de melanoses solares, regressão de queratoses actínicas, e melhora da flacidez. Na avaliação histomorfométrica, ocorreu aumento de colágeno e fibras elásticas. Estes dados foram estatisticamente comprovados. Conclusão: A terapia fotodinâmica com acido 5-aminolevulínico associado à luz vermelha foi considerada eficaz no tratamento do fotoenvelhecimento após avaliações clínicas e histológicas.


Palavras-Chave: ENVELHECIMENTO DA PELE, TERAPIA FOTODINÂMICA, ÁCIDO AMINOLEVULÍNICO, COLÁGENO, TECIDO ELÁSTICO

Estudo comparativo entre blefaropeeling e laser fracionado de CO2 no tratamento do rejuvenescimento periorbital

Comparative study between blepharopeeling and fractional CO2 laser in the treatment of periorbital rejuvenation

Fernanda Ayres de Morais e Silva, Denise Steiner, Tatiana Aline Steiner, André César Antiori Freire Pessanha, Thiago Vinícius Ribeiro Cunha, Elisangela dos Santos Boeno

Resumo: Introdução: A queixa de rugas e flacidez na região periocular é freqüente.O blefaropeeling utilizando a fórmula de Baker-Gordon e a aplicação de laser fracionado ablativo de CO2 fracionado são consideradas opções efetivas para o tratamento dessa região. Objetivo: Comparar as técnicas, a recuperação e os resultados finais das duas modalidades terapêuticas. Material e Métodos: Estudo comparativo de hemi-faces em pacientes com dermatocálase e rítides moderadas. Realizou-se no lado direito blefaropeeling e, no esquerdo, laser fracionado de CO2, cujos resultados foram avaliados por fotografia, medidas do sulco palpebral superior e melhora clínica. Resultados: Foram incluídas 11 pacientes no protocolo.Verificou-se melhora clínica e fotográfica com ambos os métodos. O tempo de recuperação foi maior com o peeling de fenol. As medidas do sulco palpebral superior não mostraram diferenças significativas. Conclusões: Ambas as modalidades terapêuticas são efetivas no tratamento do envelhecimento periorbital. O processo de recuperação o blefaropeeling foi mais demorado. Clinicamente a melhora da flacidez palpebral foi superior com o blefaropeeling.


Palavras-Chave: FENOL, TERAPIA A LASER, PÁLPEBRAS, ENVELHECIMENTO DA PELE

Estudo duplo cego comparativo entre hidroquinona e extrato de uva-ursina no tratamento do melasma

Double-blind comparative study of hydroquinone and ursine grape extract in the treatment of melasma

Andréia Mateus Moreira, Bruna Souza Felix Bravo, Adriana Gutstein da Fonseca Amorim, Ronir Raggio Luiz, Maria Cláudia Almeida Issa

Resumo: Introdução: Melasma é hiperpigmentação adquirida e progressiva em áreas fotoexpostas. Seu tratamento continua sendo um desafio por ser dermatose recorrente e refratária. Objetivo: Avaliar a eficácia e segurança do Skin Whitening Complex no tratamento do melasma facial, e compará-lo à hidroquinona. Pacientes e Métodos: Estudo duplo-cego comparativo com 13 mulheres portadoras de melasma.Todas receberam duas formulações diferentes, identificadas como “lado direito da face” e “lado esquerdo da face”, que foram aplicadas duas vezes ao dia durante 90 dias consecutivos. Apenas o farmacêutico responsável tinha conhecimento do conteúdo. Para análise estatística foram realizados os testes de Wilcoxon e ¿2 de McNemar-Bowker. Resultados: Das 13 pacientes, 10 apresentaram melhora clínica global do melasma. Na hemiface tratada com hidroquinona a 4%, a melhora foi total em quatro pacientes, e parcial em seis (p = 0,004). Na hemiface tratada com Skin Whitening Complex 5%, a melhora foi total em duas pacientes, e parcial em seis (p = 0,007). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois tratamentos (p = 0,223). Conclusões: Embora o tratamento com hidroquinona 4% apresente melhor resultado clínico, não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois tratamentos. O SWC 5% mostrou-se eficiente e seguro no tratamento do melasma.


Palavras-Chave: MELANOSE/TERAPIA, HIPERPIGMENTAÇÃO, HIDROQUINONAS

Dermatologia clínico-cirúrgica: avaliação da mudança no perfil dos procedimentos de um serviço de residência médica no Paraná-BR

Clinical-surgical dermatology: assessment of the changes in types of procedures performed in a dermatologic residency in the Brazilian State of Paraná

Rosinete Lauren de Souza Lima Morais, Carolina Guislandi, Jesus Rodriguez Santamaria, Sergio Zuneda Serafini, Fabiane Mulinari-Brenner

Resumo: Introdução: Nas últimas quatro décadas a dermatologia transformou-se, de especialidade puramente clínica, em especialidade clinicocirúrgica. O dermatologista passou a realizar, além da diagnose e do tratamento clínico,o tratamento cirúrgico das afecções e neoplasias cutâneas,a correção de cicatrizes e procedimentos cutâneos necessários para melhora da aparência individual. Objetivo: Demonstrar a mudança do perfil das atividades do Serviço de Dermatologia do HC-UFPR no período estudado. Material e métodos: Foi realizada a revisão sistemática dos registros próprios do Ambulatório de Dermatologia, além dos dados fornecidos pelo Sistema de Estatística e Planejamento do HC-UFPR entre 2002 e 2007. Resultados: Houve aumento relativo de 16% no número de procedimentos cirúrgicos no período estudado, com aumento também de sua complexidade, passando o índice de exerese de lesões benignas em relação ao da exerese de tumores malignos de 2,25:1 em 2002 para 1,04:1 em 2007. Quanto aos procedimentos cosmiátricos, a realização de peelings ampliou-se 74% no período estudado. O preenchimento e a aplicação de toxina botulínica passaram de procedimentos esporádicos em 2002 para procedimentos de rotina, com 3,33 preenchimentos/mês e três aplicações toxina/mês. Conclusões: Os dados obtidos demonstram objetivamente a transformação das atividades do Serviço de Dermatologia do HC-UFPR, de principalmente clínicas, para clinicocirúrgicas, com aumento da complexidade dos procedimentos realizados no treinamento do residente de dermatologia, em concordância com a evolução da especialidade no Brasil e no mundo.


Palavras-Chave: PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS AMBULATORIAIS, DERMATOLOGIA, ARTIGO HISTÓRICO

Educação médica continuada

Anestésicos tópicos

Topical Anesthetics

Giselle Carvalho Froes, Fernanda de Assis Ottoni, Gabriel Gontijo

Questões e Gabaritos do número anterior


Resumo: Introdução: Os anestésicos tópicos, de indiscutível utilidade na rotina do dermatologista, têm sido cada vez mais utilizados pela população, nem sempre com prescrição e supervisão médica. Seu uso pode envolver complicações ligadas, principalmente,à aplicação inadequada, seja em pele lesada ou inflamada, em grandes áreas corporais, em mucosas ou em pacientes de risco. As reações adversas podem variar desde efeitos locais transitórios, reações alérgicas e/ou irritativas, até quadros mais graves, embora raros, como metemoglobinemia, arritmias e insuficiência cardiorrespiratória.Este artigo visa discutir as preparações comerciais de anestésicos tópicos hoje disponíveis, seu histórico, farmacologia, aplicação clínica e complicações.


Palavras-Chave: ANESTÉSICOS, ANALGESIA, LIDOCAÍNA, PRILOCAÍNA, TETRACAÍNA

Artigo de revisão

A ação da luz no tratamento da acne vulgar

The effect of light in the treatment of acne vulgaris

Francisco M. Paschoal, Ana Paula Palu Baltieri Ismael

Resumo: Durante vários anos o tratamento da acne vulgar tem-se baseado no uso de medicamentos orais ou tópicos, isolados ou usados de forma associada. Embora ainda representem, em sua maioria, excelentes opções terapêuticas, há casos em que essas inúmeras opções não podem ser usadas, seja por seus efeitos colaterais ou falta de resposta ao tratamento observada com a crescente resistência bacteriana aos antibióticos. Na tentativa de buscar novas opções terapêuticas e com base no fato de a luz ser utilizada com sucesso no tratamento de diversas doenças, a acne entre elas, inúmeros dispositivos foram desenvolvidos para esse fim com bons resultados. Este artigo tem por objetivo fazer uma revisão da fisiopatologia da acne, bem como dos princípios fotobiológicos aplicados em seu tratamento e aborda algumas das principais modalidades fototerápicas atuais.


Palavras-Chave: ACNE VULGAR, FOTOTERAPIA, TERAPIA POR LASER

Excimer” laser 308nm no tratamento do vitiligo

Using a 308 nm excimer laser in the treatment of vitiligo

Tânia Nely Rocha, Rafael Henrique Rocha

Resumo: Introdução: O vitiligo é doença idiopática adquirida, caracterizada por manchas hipocrômicas e acrômicas bem delimitadas, sendo o Excimer Laser 308nm um dos possíveis tratamentos para essa dermatose. Objetivo: Analisar estudos publicados em revistas indexadas sobre a utilização do Excimer Laser 308nm, no tratamento de vitiligo. Método: Pela abordagem qualitativa, fez-se levantamento bibliográfico de artigos científicos relacionados ao tema no período de 2001 a 2009, nas bases de dados Medline, Lilacs e Scielo. Resultados: Segundo essa revisão bibliográfica o Excimer Laser 308nm apresentou resultados positivos no tratamento de vitiligo.As lesões recentes e as localizadas na face respondem melhor do que as de outros locais. As extremidades são de resposta mais difícil. A idade do paciente não interfere no resultado. Em média, foram necessárias 11 sessões até o início da repigmentação.O ideal é que a aplicação seja feita uma a três vezes por semana, com intervalo nunca inferior a 48 horas. Conclusão: O Excimer Laser no tratamento de vitiligo é efetivo e seguro quando comparado a outras modalidades de tratamento. O resultado depende da localização e do tempo da doença.


Palavras-Chave: VITILIGO, LASERS DE EXCIMER, PELE

Relatos de casos

Tratamento de carcinoma basocelular com associação de terapia fotodinâmica e cirurgia micrográfica de Mohs

Treatment of basocellular carcinoma with the association of photodynamic therapy and Mohs micrographic surgery

Rodrigo Negri Pereira, Erica Ligório Fialho, Gabriel Gontijo

Resumo: tratamento de carcinomas basocelulares mal delimitados, recidivados, extensos, localizados em áreas de risco, em pacientes com várias comorbidades representa sempre um desafio para o cirurgião dermatológico.A cirurgia micrográfica de Mohs, geralmente utilizada nesses casos, apresenta riscos inerentes a uma cirurgia extensa, além da dificuldade no fechamento da ferida operatória, que muitas vezes se estende além dos limites clínicos da lesão. Demonstra-se, em paciente com 90 anos, diabética e hipertensa, a utilização da terapia fotodinâmica anterior à cirurgia micrográfica de Mohs, visando à diminuição e melhor delimitação da lesão para posterior exérese.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS, FOTOQUIMIOTERAPIA, CARCINOMA BASOCELULAR, RETALHOS CIRÚRGICOS

Pérolas cirúrgicas

Um novo torniquete para cirurgia do aparelho ungueal

A new tourniquet for nail unit surgery

Nilton Di Chiacchio, Walter Refkalefsky Loureiro, Nilton Gioia Di Chiacchio, Daniela Satico Yoshida Nei

Resumo: As cirurgias do aparelho ungueal necessitam de campo cirúrgico sem sangramentos para adequada visualização das estruturas e lesões. Existem diversos tipos de torniquetes com esse objetivo, cada um com suas vantagens e desvantagens.Apresenta-se um novo garrote simples, ajustável, seguro e barato.


Palavras-Chave: TORNIQUETES, CIRURGIA, UNHAS, DEDOS

Conector alternativo para diluição de anestésico e hidroxiapatita de cálcio para preenchimento cutâneo

Alternative connector for anesthetic and calcium hydroxyapatite dilution in the cutaneous filling technique

Mariana Hammerschmidt, Mauricio Sato

Resumo: Várias opções de anestésicos são utilizadas para preenchimentos cutâneos. Recentemente foi descrita a combinação da hidroxiapatita de cálcio com lidocaína na mesma seringa utilizando o conector fêmea-fêmea Luer-lok. Descrevem-se outra opção de conector para realização dessa mistura, o instrumento e detalhes da associação.


Palavras-Chave: ANESTÉSICOS LOCAIS, HIDROXIAPATIAS, ASSOCIAÇÃO, SERINGAS

Como eu faço ?

Anestesia tumescente: técnica auxiliar para excisões extensas em cirurgia dermatológica

Tumescent anesthesia as an aid for wide local excision in dermatologic surgery

Jerry D. Brewer, Randall K. Roenigk

Resumo: Introdução: A anestesia local é a forma mais comum de anestesia utilizada em cirurgias cutâneas.Alguns pacientes possuem comorbidades que os colocam no grupo de risco para anestesia geral. A anestesia tumescente é uma técnica que consiste na injeção de uma grande quantidade de anestesia diluída local no plano subcutâneo.A anestesia tumescente pode minimizar o desconforto, auxiliar na hemostasia e contribuir para a facilidade do fechamento de grandes defeitos cirúrgicos que, do contrário, apresentariam dificuldade significativamente maior. Objetivo: O nosso objetivo é discutir os prós e contras da anestesia tumescente na âmbito da cirurgia dermatológica. Conclusão: A anestesia tumescente é uma opção viável que pode ajudar na cirurgia cutânea reconstrutiva, especialmente na remoção de tecido no plano subcutâneo profundo ou em fáscias. A anestesia tumescente também é associada a bons resultados e poucas reações adversas.


Palavras-Chave: ANESTESIA, CÂNCER DA PELE, CIRURGIA DE MOHS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações