Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Sumário

Volume 10
Número 2
2018





E-book

Português | Inglês



Artigo de revisão

O que sabemos sobre os inibidores da 5 alfa redutase?

What do we know about 5-alpha reductase inhibitors?

Juliana de Lira Machado; Miguel Sánchez Viera; Nerea Felip Santamaria

Resumo:

Os inibidores da 5 alfa redutase, finasterida e dutasterida, são classes de drogas com propriedades antiandrogenéticas. Esses fármacos são utilizados habitualmente nos tratamentos da hiperplasia prostática benigna e da alopecia androgenética. Desde 1991, a finasterida é aprovada pelo U. S. Food and Drug Administration (FDA) para hiperplasia prostática benigna e desde 1997 para alopecia androgenética masculina. Em 2002 a dutasterida foi aprovada pelo FDA apenas para hiperplasia prostática benigna, e atualmente no Japão e na Coreia do Sul essa droga tem seu uso aprovado para o tratamento de alopecia androgenética masculina. Apresenta-se uma revisão ampla e atualizada sobre a eficácia e segurança dessas drogas


Palavras-Chave: Alopecia; Efeito secundário; Finasterida; Dutasterida; Alopecia/terapia;

Revisão da literatura: afecções auriculares, parte 2: neoplasias benignas

Literature review: auricular disorders Part 2 – benign neoplasms

Bhertha M. Tamura; Ana Carolina Junqueira Ferolla; Cândida Naira L. e L. Santana

Resumo:

Faz parte do dia a dia dos dermatologistas o conhecimento, a capacidade de diagnóstico e a habilidade cirúrgica para várias afecções da pele na região da orelha. Na segunda parte deste artigo de revisão, serão abordadas as neoplasias benignas da região auricular, descrevendo-se suas particularidades e métodos ideais de tratamento.


Palavras-Chave: Orelha; Nevo; Cistos; Queloide

Artigos Originais

Perfil de ácidos graxos livres em pacientes com acne vulgar

Profile of free fatty acid in patients with acne vulgaris

Farida Tabri; Anis Irawan Anwar; Nasrum Massi; Ilham Jaya Patellongi; Rahmawati Anwar

Resumo:

Introdução: A acne vulgar é um distúrbio inflamatório que afeta a unidade pilossebácea, apresentando alta prevalência entre adultos jovens. Estudos sugerem que os ácidos graxos livres (AGL) podem influencia-la, contudo, sua patogênese ainda não é totalmente conhecida.
Objetivo: Analisar a correlação entre o nível de ácidos graxos livres e a gravidade da acne vulgar.
Métodos: Quarenta e três alunas de ensino médio portadoras de acne leve, moderada e grave foram incluídas neste estudo. O nível de ácidos graxos livres, representado pelo nível de ácido palmítico, foi medido por cromatografia gasosa enquanto a detecção do Propionibacterium acnes foi realizada através do PCR. O teste de Mann-Whitney foi utilizado para analisar a mediana da diferença do nível de ácido palmítico entre os grupos com diferentes graus de severidade da acne vulgar. Os resultados foram considerados significativos para valores de p <0,05.
Resultados: Catorze pacientes (32,6%) apresentaram acne vulgar leve, enquanto 14 e 15 pacientes apresentaram acne vulgar moderada e grave, respectivamente. Os grupos com acne grave e moderada apresentaram um nível de ácido palmítico significativamente maior quando comparado ao grupo com acne leve (p <0,05). O nível de ácido palmítico não foi associado à presença de P. acnes.
Conclusões: O aumento do nível de ácido palmítico mostrou-se associado à gravidade da acne. Assim, os níveis de AGL podem ser usados como marcadores para determinar a gravidade da acne vulgar.


Palavras-Chave: Ácidos graxos não esterificados, Acne vulgar, Propionibacterium acnes, Reação em cadeia da polimerase

Método para avaliação quantitativa da eficácia de tratamentos para queda de cabelo mediante análise de imagens: estudo preliminar

Method for quantitative evaluation of the efficacy of treatments for hair loss using image analysis: preliminary study

Leila David Bloch; Cassiano Carlos Escudeiro; Fernanda Daud Sarruf

Resumo:

Introdução: O número de mulheres que buscam tratamento para alopecia androgenética tem crescido na última década, bem como as opções terapêuticas e os métodos para avaliar a eficácia de tratamentos. Nesse contexto, é necessário o desenvolvimento de métodos simples e objetivos para avaliar quantitativamente a eficácia dos tratamentos capilares.
Objetivos: Validar um método quantitativo para avaliar a eficácia de tratamentos para a queda de cabelos.
Métodos: Comparação de fotos padronizadas, obtidas antes e depois dos tratamentos, analisadas com auxílio de um software, que fornece o cálculo automático da área de falha, em pixels quadrados, a partir do contraste entre claro (região com perda capilar) e escuro (região com quantidade normal de cabelos), possibilitando estimar a área de couro cabeludo que não apresenta cobertura capilar e, assim, quantificar a eficácia dos tratamentos.
Resultados: O método é eficaz para a avaliação da área afetada pela perda capilar tanto em pacientes com grau inicial (Savin I-1a) quanto em quadros mais avançados (Savin III e avançada).
Conclusões: O método proposto permite avaliar de forma rápida, simples e com baixo custo a eficácia de diversos tipos de tratamentos para eflúvio telógeno e alopecia androgenética.


Palavras-Chave: Alopecia; Cabelo; Metodologia; Métodos

Imagens infravermelhas na avaliação do pé diabético

Infrared images in the evaluation of the diabetic foot

Claudia M. Duarte de Sá Guimarães; Luciane Fachin Balbinot; Marcos Leal Brioschi

Resumo:

Introdução: O diabetes é patologia frequente, de distribuição universal cuja incidência do tipo 2 vem aumentando com a obesidade. A identificação precoce das patologias de origem dermatológica, vascular, ortopédica e neurológica auxilia o diagnóstico e o tratamento do pé diabético.
Objetivo: Avaliar por termografia os pés de pacientes pré-diabéticos e diabéticos portadores de onicomicose, com o intuito de identificar o comprometimento vascular, neurológico e ortopédico, bem como acompanhar a evolução clínica.
Métodos: Captação de imagens infravermelhas basais e após teste de estímulo ao frio com sensor infravermelho em ambiente controlado.
Resultados: Esse exame possibilitou a suspeita de neuropatia periférica de fibras finas, áreas de pressão de calçados e avaliação da progressão do pé de Charcot.
Conclusões: O exame por meio de imagens infravermelhas associado ao exame dermatológico pode ser instrumento propedêutico para a identificação precoce de alterações vasomotoras nas plantas dos pés, também em pacientes assintomáticos


Palavras-Chave: Diabetes Mellitus; Pé diabético; Termografia

Estudo prospectivo para tratamento do rubor da rosácea com toxina botulínica tipo A

Prospective study for the treatment of rosacea flushing with botulinum toxin type A

Luciana Couto e Silva; Isadora Lopes Oliveira Ferreira; Marina Leite da Silveira; Denise Steiner

Resumo:

Introdução: Rosácea é afecção crônica da face caracterizada por eritema, edema, telangiectasias, pápulas e eventualmente pústulas e nódulos. Existem quatro subtipos: rosácea eritêmato-telangiectásica (I), rosácea papulopustulosa (II), rosácea fimatosa (III) e rosácea ocular (IV). A patogênese é multifatorial, e os tratamentos são diversos.
Objetivo: Demonstrar o efeito da toxina botulínica na melhora do flushing e eritema, em pacientes com rosácea eritêmato-telangiectásica.
Métodos: Foram selecionadas seis pacientes com rosácea do subtipo I, no ambulatório do Departamento de Dermatologia de um serviço universitário. As pacientes receberam aplicações de toxina botulínica tipo A, em diluição de 100 unidades para 5ml de solução salina, com aplicação intradérmica de 0,2 a 0,5 unidades por ponto de aplicação na região acometida, tendo sido avaliadas após um, dois, três e seis meses consecutivos.
Resultados: Observou-se melhora do eritema facial e do flushing nos três meses consecutivos à aplicação, com retorno dos sintomas por volta do sexto mês após o tratamento, adequado ao tempo estimado de atuação da toxina.
Conclusões: Houve melhora dos sintomas e satisfação das pacientes, sendo um tratamento de fácil aplicação, com baixo índice de efeitos adversos e duração prolongada do resultado.


Palavras-Chave: Eritema; Qualidade de vida; Rosácea; Toxinas botulínicas tipo A

Estudo-piloto da pele fotodanificada e do melasma pela microscopia confocal de reflectância

Pilot-study of photodamaged skin and melasma using reflectance confocal microscopy

Francine Celise Siqueira César; Ana Paula Martins Martini; Maria Claudia Almeida Issa; Patrícia Maria Berardo Gonçalves Maia Campos

Resumo:

Introdução: O fotoenvelhecimento e o melasma são queixas dermatológicas frequentes. A microscopia confocal de reflectância (MCR) é técnica recente que pode ser usada para avaliação diagnóstica dessas dermatoses.
Objetivos: Avaliar as características da epiderme e derme nas alterações pigmentares da pele fotodanificada e do melasma pela MCR e comparar os achados dessas alterações com a região perilesional.
Métodos: Foi realizado estudo-piloto com oito participantes do sexo feminino, com idades variando de 38 a 50 anos, fototipos de II a IV, com diagnóstico clínico de fotodano (n = 4) e melasma (n = 4) na região malar da face. Foram comparadas a espessura do estrato córneo e da epiderme viável, a profundidade das cristas interpapilares e a presença de estruturas hiper-refrativas na região perilesional e lesional.
Resultados e discussão: As alterações pigmentares da pele fotodanificada revelaram padrão morfológico característico do lentigo solar, como aumento na profundidade das cristas interpapilares na região da lesão. Nas voluntárias com melasma, foi possível observar a presença de células dendríticas na epiderme e melanófagos na derme na região da lesão. Todas as voluntárias apresentaram queratinócitos hiper-refrativos na epiderme da região lesional.
Conclusões: Considerando o número de pacientes avaliados, foi possível caracterizar e comparar as alterações pigmentares na pele fotodanificada e no melasma.


Palavras-Chave: Envelhecimento da pele; Microscopia confocal; Diagnóstico

Efeito do microagulhamento na cicatriz de ferida cutânea induzida em ratos

The effect of microneedling on scars resulting from induced cutaneous injuries in rats

Andressa Miléo Ferraioli Silva; Wanessa Cardoso Praia; Caroline da Silva Alves Palheta; Rodrigo Paracampo Couteiro; Andrew Moraes Monteiro; Luciana Mota Silva; Ismari Perini Furlaneto; Josie Eiras Bisi dos Santos; Miguel Saraty de Oliveira

Resumo:

Introdução: A saúde representa estado de completo bem-estar.As cicatrizes são exemplos de afecções que colocam em risco a integridade emocional do paciente, comprometendo sua qualidade de vida. Existem diversas alternativas terapêuticas visando amenizar distúrbios estéticos. O microagulhamento estimula a produção de colágeno, melhorando o efeito cicatricial da lesão provocada.
Objetivo: avaliar o efeito do microagulhamento na cicatriz de ferida cutânea induzida cirurgicamente em ratos.
Métodos: Foram utilizados 24 ratos, machos, distribuídos em cinco grupos de estudo. Em todos os grupos realizou-se a incisão cutânea induzida cirurgicamente no dorso do ani- mal, aguardando-se a cicatrização completa. Os grupos GC-14 e GC-30 foram controles para os grupos GCM-14 e GCM-30.
Resultados: Foi identificada reepitelização e ausência de tecido de granulação em 100% dos grupos. Com relação à proporção de fibrose, observou-se redução média de 19% no grupo GCM-14 e de 4% no grupo GCM-30. Houve estímulo à produção de colágeno tipo I e III nos grupos submetidos ao microagulhamento, observando maior quantificação de colágeno tipo I no grupo GCM-14 (62,1%) em relação a seu controle (37,8%).
Conclusões: o microagulhamento mostrou-se eficaz ao estimular maior produção de fibras colágenas em 14 dias, sugerindo tendência à melhora da cicatriz.


Palavras-Chave: Cicatriz; Colágeno; Modelos animais

Radiofrequência pulsada para flacidez periorbitária: estudo comparativo

Pulsed radiofrequency for periorbital sagging: a comparative study

Raissa de Lima Gadelha; Daniele Loureiro Mangueira Paiva; Carla Wanderley Gayoso; Juliana Nunes Maciel Cilento

Resumo:

Introdução: Rugas, flacidez, alterações da textura e da pigmentação da pele da região periorbitária são queixas comuns nos consultórios dermatológicos, para as quais têm sido descritas várias opções terapêuticas, entre elas a radiofrequência fracionada, que se tem mostrado segura e eficaz.
Objetivo: Comparar os resultados e efeitos colaterais após o uso de dois tipos de eletrodos acoplados a um aparelho de radiofrequência, para o rejuvenescimento da região palpebral.
Métodos: Trata-se de ensaio clínico comparativo, randomizado e cego com pacientes portadores de envelhecimento da região periorbitária, tratados com dois eletrodos diferentes, que podem ser acoplados a um mesmo aparelho de radioeletrocirurgia, denominados ponteira-padrão e ponteira Lima 8. Os aspectos investigados foram flacidez, rugas, textura e tonalidade da pele tratada, além da ocorrência de efeitos adversos. Trinta dias após a última sessão, os pacientes responderam a um questionário de satisfação e foram fotografados para julgamento clínico.
Resultados: Os pacientes tratados com ambas as ponteiras apresentaram expressiva satisfação com a melhora de flacidez e rugas. O item tonalidade apresentou piores índices de satisfação, com desvantagem para a ponteira-padrão. O edema foi importante após o uso de ambas as ponteiras, mas as equimoses ocorreram em maior frequência e por maior duração com a ponteira Lima 8. Houve maior ocorrência de hiperpigmentação e com maior duração com a ponteira-padrão, mas sem diferença estatisticamente significativa.
Conclusões: As duas ponteiras mostraram-se igualmente eficazes para o tratamento de flacidez, rugas e textura da pele da região periorbitária. Os pacientes tratados com a ponteira Lima 8 apresentaram maiores índices de satisfação com relação à tonalidade da pele, com maior ocorrência de equimoses, bem como maior duração do evento.


Palavras-Chave: Envelhecimento da pele; Pálpebras; Tratamento por radiofrequência Pulsada

Perfil das lesões tratadas cirurgicamente em pododáctilos e quirodáctilos em um serviço de referência de dermatologia

Profile of surgically treated lesions in toes and fingers, at a dermatology referral service

Luisa Preisler; Ludmilla Cardoso Gomes; José Roberto Pereira Pegas

Resumo:

Introdução: As lesões em quirodáctilos e pododáctilos são frequentes na prática dermatológica, sendo possível diagnosticar a maioria após anamnese completa e exame físico.
Objetivo: Traçar perfil das lesões mais prevalentes em pododáctilos e quirodáctilos abordadas cirurgicamente pela equipe de cirurgia dermatológica em um serviço de referência em dermatologia, bem como avaliar a classificação dessas lesões, sua distribuição nas faixas etárias, gêneros, locais de acometimento e a correlação entre a suspeita clínica e o diagnóstico anatomopatológico.
Métodos: Estudo epidemiológico observacional retrospectivo transversal incluindo e avaliando 344 pacientes e 367 procedimentos cirúrgicos.
Resultados: A análise demonstrou que a maior parte dos procedimentos foi realizada em adultos, do sexo feminino, sendo o hálux esquerdo a localização mais acometida na amostra estudada. Verificou-se também que a maioria dos procedimentos decorreu de lesões de natureza traumática, sendo a biópsia/exérese de lesões e a cantoplastia/cantotomia os procedimentos mais realizados.
Conclusões: Os resultados deste estudo contribuem para o planejamento e dimensionamento de futuros atendimentos dermatológicos.


Palavras-Chave: Dedos; Dedos do pé; Procedimentos cirúrgicos ambulatoriais

Novas Técnicas

Retalhoplastia e fechamento por segunda intenção: opção na reconstrução da orelha e conduto auditivo externo

Flap-plasty and closure by second intention: an option in the reconstruction of the ear and external auditory canal

Lais Lopes Almeida Gomes; Bianca de Franco Marques Ferreira; Mário Chaves Loureiro do Carmo; Solange Cardoso Maciel Costa Silva

Resumo:

O câncer da pele não melanoma é o tipo de neoplasia mais comum. O carcinoma basocelular é o mais frequente dos cânceres da pele, cuja incidência aumenta constantemente implicando uma importante questão de saúde pública e financeira. Apresenta-se o caso de paciente portador de carcinoma basocelular extenso, acometendo parte do conduto auditivo externo e concha auricular, que foi tratado por associação de técnicas cirúrgicas: retalhoplastia associada ao fechamento por segunda intenção do conduto auditivo externo. Devido ao excelente resultado estético e funcional, essa técnica deve ser lembrada como opção terapêutica para lesões auriculares.


Palavras-Chave: Carcinoma basocelular; Dermatologia; Neoplasias da orelha; Orelha externa; Retalhos cirúrgicos

Relatos de casos

Paniculite factícia mimetizando eritema nodoso crônico

Factitious panniculitis mimicking chronic erythema nodosum

Ludmilla Luiza Libanio Guimarães; Nurimar Conceição Fernandes; Tullia Cuzzi

Resumo:

A paniculite factícia pode ser desencadeada por injeções subcutâneas de substâncias com finalidade estética. Caso diagnosticado e tratado como eritema nodoso crônico, cinco anos após, manifestou nódulo, cujo estudo anatomopatológico sugeriu tumor lipomatoso atípico. Ressecada a lesão, o exame histopatológico mostrou esteatonecrose, compatível com paniculite lobular. Na ressonância magnética, imagens de líquido na região glútea favoreceram a suspeita diagnóstica de paniculite factícia. A paciente admitiu injeção pregressa de silicone nessa região, e os achados adicionais na revisão histopatológica confirmaram essa hipótese. A complicação tardia das injeções do material de preenchimento motivou nossa apresentação.


Palavras-Chave: Eritema migrans crônico; Paniculite; Silicones

Transplante de melanócitos - Variação da técnica de microenxertia

Melanocyte transplantation – a variation of the micrografting technique

Carlos Roberto Antonio; Lívia Arroyo Trídico; Thalita Marçal Machado; João Roberto Antonio

Resumo:

Vitiligo é desordem adquirida da pigmentação, caracterizada pelo desenvolvimento de máculas acrômicas bem definidas na pele. É considerado estável quando nenhuma lesão nova aparece ou quando lesões preexistentes não sofrem alterações ao longo de pelo menos um ano. Nesses casos o tratamento cirúrgico é importante opção terapêutica. A microenxertia por punch é a técnica de transplante de melanócitos mais comumente realizada, com ótima repigmentação. Descreve-se uma variação dessa técnica utilizando enxertos ainda menores e mais finos (que consistem de epiderme e derme fina), para buscar resultados esteticamente melhores do que os da técnica tradicional, principalmente ao tratar áreas com significativo acometimento estético.


Palavras-Chave: Melanócitos; Transplante; Vitiligo

Retalho A-T para reconstrução de ferida operatória na ponta nasal

A-T flap for reconstruction of surgical wound in the nasal tip

Théo Nicolacópulos; Rogério Nabor Kondo

Resumo:

A região nasal é local frequente de tumores cutâneos, e reparar defeitos nessa região pode ser um grande desafio cirúrgico devido à necessidade do restabelecimento de suas propriedades estrutural, funcional e estética. Este estudo descreve a aplicação de um retalho A-T como opção para reconstrução de ferida operatória secundária à excisão de carcinoma basocelular na ponta nasal.


Palavras-Chave: Carcinoma basocelular ; Nariz; Retalhos cirúrgicos

Necrose cutânea do tecido enxertado decorrente de tabagismo

Necrosis of skin graft entailed by smoking habits

Ana Cláudia Cavalcante Espósito; Angela Sanderson; Jorge Ocampo-Garza; Gustavo Alonso; Carlos D’Apparecida S. Machado Filho; Luiz Roberto Terzian

Resumo:

A cicatrização adequada das feridas cirúrgicas é influenciada pela técnica operatória, pela presença de intercorrências pós-cirúrgicas e pelos hábitos de vida do paciente. Relatamos caso de paciente submetido a exérese de carcinoma basocelular por cirurgia micrográfica de Mohs e reconstrução com enxertia cutânea palpebral. No pós-operatório houve necrose do enxerto devido má perfusão do leito cirúrgico imputada ao tabagismo. O tabagismo interfere na embebição plasmática e neovascularização do enxerto, além de promover estresse oxidativo e disfunção endotelial. O cirurgião deve orientar a suspensão do tabagismo por pelo menos quatro semanas antes do procedimento, a fim de evitar maiores riscos de complicações.


Palavras-Chave: Carcinoma basocelular; Cirurgia de mohs; Hábito de fumar; Sobrevivência de enxerto; Necrose

Carcinoma basocelular, siringocistoadenoma papilífero, adenoma apócrino e triquilemoma sobre nevo sebáceo de Jadassohn

Basal cell carcinoma, papillary syringocystadenoma, apocrine adenoma and trichilemmoma on nevus sebaceous of Jadassohn

Isabella Lemos Baltazar; Talita Pollo; Flávia Regina Ferreira; Elisangela Manfredini Andraus de Lima; Fernanda da Rocha Gonçalves; Samuel Henrique Mandelbaum

Resumo:

Descrito por Jadassohn e também conhecido como nevo organoide, o nevo sebáceo é considerado hamartoma que exibe má-formação folicular, sebácea, écrina e apócrina de graus variados. Durante a idade adulta, de dez a 30% dos pacientes com nevo sebáceo de Jadassohn têm risco de desenvolver neoplasia cutânea ou anexial. Relatamos caso de paciente com nevo sebáceo de Jadassohn associado a múltiplas neoplasias (benignas e malignas) de diferentes linhagens e ressaltamos a importância do conhecimento dessa entidade e do exame do couro cabeludo por parte do dermatologista.


Palavras-Chave: Carcinoma basocelular; Hamartoma; Nevo sebáceo de Jadassohn; Neoplasias


Facebook Twitter

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações