Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Sumário

Volume 6
Número 2
2014





E-book

Português | Inglês



Educação médica continuada

Ultrassonografia de alta frequência (22MHz) na avaliação de neoplasias cutâneas malignas

High-frequency ultrasound (22MHz) in the evaluation of malignant cutaneous neoplasms

Elisa de Oliveira Barcaui; Antonio Carlos Pires Carvalho; Juan Piñeiro-Maceira; Paulo Marcos Valiante; Carlos B Barcaui

Questões e Gabaritos do número anterior


Resumo: Recentemente os dermatologistas vêm incorporando técnicas de diagnóstico por imagem na investigação das lesões cutâneas. O desenvolvimento de aparelhos de ultrassom com frequência superior a 15MHz originou o ultrassom de alta frequência (USAF) que torna possível a identificação das diferentes camadas e estruturas da pele e anexos, ampliando consideravelmente seu uso nas diferentes condições dermatológicas, particularmente nas neoplasias cutâneas. Sua associação com Doppler colorido permite o estudo da microcirculação tumoral. Neste trabalho, abordaremos as principais características clínicas das neoplasias cutâneas malignas e como o USAF possibilita melhor avaliação pré-operatória dessas lesões.


Palavras-Chave: ULTRASSONOGRAFIA; NEOPLASIAS CUTÂNEAS; DIAGNÓSTICO.

Artigos Originais

Análise do efeito do estradiol e progesterona tópicos na cicatrização de feridas em ratos

Analysis of the effect of topical oestradiol and progesterone in wound healing in rats

Juliana Augusta Zeglin Nicolau; Paula Foresti Faria; Luciana de Oliveira Marques; Deyse Fabiane Hoepers; Andressa Dias da Rocha; Ana Cristina Lira Sobral

Resumo: Introdução: Estudos demonstram que estradiol e progesterona influenciam a cicatrização de feridas, angiogênese e remodelamento. Objetivos: Avaliar os efeitos tópicos de estradiol e progesterona isolados e associados na cicatrização de feridas de ratas menopausadas. Métodos: Utilizaram-se 40 ratas linhagem Wistar, divididas aleatoriamente em quatro grupos com o mesmo número de animais: C: controle, utilizando o veículo; E: estradiol 0,5mg; P: progesterona 15mg; E+P: estradiol 0,5mg e progesterona 15mg. Inicialmente as ratas foram submetidas à ooforectomia bilateral, e no 30o dia do pós-operatório, confeccionou-se ferida circular com 1cm de diâmetro, e iniciou-se a aplicação dos tópicos, mantidos durante sete dias. Realizaram-se biópsias no terceiro, sétimo e 140 dias, seguidas de exérese da ferida. As biópsias foram coradas com Sirius-Red (análise colágena) e hematoxilina-eosina (análise morfométrica). Valores de p<0,05 indicaram significância estatística. Resultados: Apenas no Grupo P observou-se aceleração da reepitelização do sétimo ao 14o dia (p=0,016) e aumento da fibrose do terceiro ao sétimo dia (p=0,008). Grupo E e grupo E+P inibiram a formação do colágeno tipo III, nos três momentos do estudo (p<0,001). Conclusões: A terapia tópica com estradiol, e estradiol associado à progesterona inibiram a formação do colágeno tipo III. A progesterona isolada apenas contribuiu no processo de reepitelização das feridas.


Palavras-Chave: ESTROGÊNIOS; PROGESTERONA; COLÁGENO; CICATRIZAÇÃO.

Tratamento da onicomicose com laser NdYAG: resultados em 30 pacientes

Treatment of onychomycosis with Nd:YAG laser: results in 30 patients

Claudia Maria Duarte de Sá Guimarães

Resumo: Introdução: A onicomicose é responsável por mais de 50% das doenças que afetam as unhas. Vários fatores contribuem para a má resposta terapêutica tópica ou sistêmica. Objetivo: O presente trabalho monocêntrico, restrospectivo, visa observar a resposta ao laser ND-YAG 1064nm por parte de pacientes que não responderam a tratamentos anteriores. Métodos: 30 pacientes foram fotografados e submetidos a sessões de laser Nd-YAG 1064nm submilissegundo com controle de temperatura em tempo real, após a coleta de material para cultura para fungos. Resultados: Observou-se melhora clínica das unhas tratadas, com mínimo desconforto. Conclusões: O laser Nd-YAG 1064nm promove o aceleramento do crescimento das unhas e melhora o aspecto clínico das unhas tratadas.


Palavras-Chave: LASERS; LASERS DE ESTADO SÓLIDO; ONICOMICOSE; FOTOTERAPIA; ANÁLISE ESPECTRAL; TRICHOPHYTON.

Avaliação do conhecimento e hábitos de fotoproteção entre crianças e seus cuidadores na cidade de Porto Alegre, Brasil

Evaluation of the knowledge and photoprotection habits of children and their caregivers in the city of Porto Alegre, Brazil

Raquel Bonfá; Gabriela Mynarski Martins-Costa; Bárbara Lovato; Raissa Rezende; Camila Belletini; Magda Blessman Weber

Resumo: Introdução: A infância é considerada período crítico para fotoproteção, pois aproximadamente 80% da exposição solar ocorre nessa fase da vida. Objetivo: Avaliar o perfil dos conhecimentos e hábitos de fotoproteção entre crianças e seus cuidadores. Métodos: Estudo analítico transversal, realizado por meio de questionários aplicados de outubro de 2011 a julho de 2012. Resultados: 177 crianças, com média de idade de 7,66 anos; 64,9% das crianças avaliaram a exposição solar como perigosa, 88,7% sabiam o que era fotoprotetor, e 94,3% consideraram seu uso importante; entretanto, 66,6% acreditavam ser necessário apenas no verão. Quanto aos hábitos, 37,3% relataram exposição solar entre 10h e 16h. Entre os cuidadores, 81,3% afirmaram não passar filtro solar diariamente em seus filhos, e 33,9% relataram que seu filho já havia tido alguma queimadura solar. Conclusões: No presente estudo, observou-se forte dissociação entre conhecimentos e práticas no que se refere à fotoexposição. A discrepância entre conhecimentos e hábitos, observada nos dois grupos pode ser explicada pela qualidade das informações sobre fotoexposição. Os dados da presente pesquisa apontam para a necessidade de divulgação mais ampla de conhecimentos adequados, tanto pela mídia quanto pelos médicos, que consolide práticas saudáveis em relação à exposição solar.


Palavras-Chave: ATIVIDADE SOLAR; PROTETORES SOLARES; HÁBITOS; SISTEMAS DE PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS; CUIDADORES

Efeitos do tratamento de ultrassom de alta freqüência sobre os tecidos da pele humana

Effects of highfrequency ultrasound treatment on human skin tissues

Daniele Bani; Laura Calosi; Lara Faggioli

Resumo: Introdução: A ultra-sonografia transcutânea é vista como o tratamento não-cirúrgico mais eficaz para o rejuvenescimento da pele facial, muito embora seus mecanismos de ação sejam pouco compreendidos. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo avaliar as alterações morfológicas induzidas pelo tratamento de ultrassom em tecidos cutâneos (epiderme, derme papilar e reticular, e gordura subcutanea) e a eficacia clinica do tratamento de ultrassom para o tratamento da flacidez da pele facial. Métodos: Amostras de pele humana ex-vivo foram tratadas com simulador ou com ultrasson de alta freqüência usando o equipamento MedVisageTM (General Project Ltd.). Diferentes parâmetros de potência (1,5 e 3,0W) e modulação de frequência (100, 500, 3.000, 3.500 Hz) foram comparados. A eficácia clínica foi avaliada após uma única sessão de 5 minutos de tratamento de ultrasson (3,0W, 3.000 Hz) em 4 voluntários. Resultados: O tratamento de ultrasson causou compactação significativa de fibras colágenas e elásticas na derme reticular, enquanto que alterações menos importantes ocorreram na derme papilar. Os efeitos globais variaram dependendo da energia e da frequência de modulação. Não foram observadas alterações em adipócitos subcutâneos, capilares sanguíneos, queratinócitos epidérmicos, fibroblastos dérmicos e mastócitos. Clinicamente, o tratamento de ultrasson resultou na redução objetiva de rugas da pele da face, com consistência e boa tolerância. Conclusões: ultrasson de alta freqüência é uma técnica não invasiva segura e eficaz para tratar a flacidez cutânea.


Palavras-Chave: ABLAÇÃO POR ULTRASSOM FOCALIZADO DE ALTA INTENSIDADE; ENVELHECIMENTO DA PELE; HISTOLOGIA; DERME.

Influência da suplementação nutricional no tratamento do eflúvio telógeno: avaliação clínica e por fototricograma digital em 60 pacientes

Influence of nutritional supplementation in the treatment of telogen effluvium: clinical assessment and digital phototrichogram in 60 patients

Flávia Alvim Sant'Anna Addor; Patricia Camarano Pinto Bombarda; Mario Sergio Bombarda Júnior; Felipe Fernandes de Abreu

Resumo: Introdução: O eflúvio telógeno (ET) é alopecia de evolução crônica e de etiologia multifatorial. A carência nutricional, por vezes subclínica, pode desencadeá-la. Objetivo: Avaliar a influência de uma suplementação nutricional em doses fisiológicas (IDR) sobre pacientes com eflúvio telógeno. Métodos: A suplementação de nutrientes em doses alimentares (IDR) foi realizada em 60 pacientes do sexo feminino durante 180 dias. Resultados: Houve melhora significativa da queda de fios (p<0,05), que foi confirmada pelo fototricograma digital, apontando aumento significativo dos fios anágenos e redução dos fios telógenos. Conclusões: O presente estudo demonstrou que nos casos de ET sem causa aparente, a reposição de nutrientes relacionados ao ciclo capilar apresenta benefício significativo na regressão do quadro, já a partir de três meses de tratamento.


Palavras-Chave: ALOPECIA; NUTRIENTES; CABELO.

Tratamento de unha em pinça pela técnica de Fanti

Treatment of pincer nails with the Fanti's technique

Guilherme Bueno de Oliveira; Natalia Cristina Pires Rossi; Doramarcia de Oliveira Cury; Julia Maria Avelino Ballavenuto; Carlos Roberto Antonio; João Roberto Antonio

Resumo: Introdução: A unha em pinça caracteriza-se pela hipercurvatura da unha no eixo transversal, o que provoca o pinçamento do leito ungueal em sua porção distal. Acomete mais comumente os dedos dos pés, podendo ocorrer, mais raramente, nos dedos das mãos. Objetivo: Demonstrar a técnica de Fanti para tratamento de unha em pinça. Métodos: Onze pacientes com unha em pinça do Ambulatório de Cabelos e Unhas se submeterem a cirurgia para correção dessa patologia pela técnica de Fanti. Resultados: Todos os pacientes apresentaram melhora completa do quadro clínico no período de seguimento de 14 meses. Conclusões: Este trabalho demonstra a técnica cirúrgica de Fanti para correção da unha em pinça, podendo-se observar melhora anatômica e funcional das unhas operadas.


Palavras-Chave: DOENÇAS DA UNHA; UNHAS; UNHAS ENCRAVADAS.

Retalho interpolado do sulco nasogeniano para reconstrução da asa nasal após cirurgia micrográfica de Mohs

Nasolabial interpolation flap for alar reconstruction after Mohs micrographic surgery

Felipe Bochnia Cerci; Tri H Nguyen

Resumo: Introdução: O retalho interpolado do sulco nasogeniano é retalho essencial em reconstrução nasal. Suas principais indicações são defeitos extensos e profundos da asa nasal. Objetivos: avaliar a utilidade do retalho interpolado do sulco nasogeniano para reconstrução alar após cirurgia micrográfica de Mohs, sobretudo em ambiente ambulatorial e sob anestesia local, bem como discutir refinamentos em seu design e execução. Métodos: Estudo retrospectivo de pacientes com defeitos de asa nasal decorrentes de cirurgia micrográfica de Mohs reparados com retalho interpolado do sulco nasogeniano. Resultados: 18 pacientes foram incluídos no estudo; sete (39%) tinham defeitos localizados apenas na asa e foram reconstruídos com retalho interpolado do sulco nasogeniano isoladamente; 11 (61%), entretanto, tinham defeitos envolvendo a asa e alguma subunidade anatômica adjacente. Esses pacientes foram submetidos a reconstrução combinada. Ressecção da porção remanescente de alguma subunidade foi realizada em 14 (78%) dos casos. Não houve complicações ou recorrência após seguimento médio de 29 meses. Ótimos resultados funcionais e estéticos foram alcançados em todos os pacientes. Conclusões: O retalho interpolado do sulco nasogeniano é retalho fundamental na reconstrução de defeitos alares após cirurgia micrográfica de Mohs. Se subunidades adjacentes como bochecha medial ou parede nasal estiverem envolvidas, o retalho interpolado do sulco nasogeniano deve ser combinado com outro método de reparo. O retalho interpolado do sulco nasogeniano pode ser realizado com segurança em ambiente ambulatorial.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS; RETALHOS CIRÚRGICOS; NEOPLASIAS NASAIS.

Artigo de revisão

Cuidados préoperatórios em cirurgia dermatológica

Preoperative care in dermatologic surgery

Jules Rimet Borges; Luiz Fernando Fróes Fleury Júnior; Ana Maria Quinteiro Ribeiro

Resumo: Os cuidados pré-operatórios em cirurgia dermatológica visam prevenir complicações nos períodos intra e pós-operatório. A história clínica irá determinar a necessidade de exames complementares de profilaxia de endocardite bacteriana, de infecção no sítio cirúrgico e em próteses valvares e ortopédicas. Diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica devem estar controlados. A varfarina (mantendo o RNI dentro da faixa terapêutica) e o ácido acetilsalicílico para prevenção secundária de eventos cardiovasculares devem ser mantidos. Outros medicamentos devem ser avaliados. Eletrocirurgia monopolar deve ser evitada em pacientes que utilizam dispositivos eletrônicos implantáveis.


Palavras-Chave: CUIDADOS PRÉ-OPERATÓRIOS; ANTIBIOTICOPROFILAXIA; ANTICOAGULANTES; ELETROCIRURGIA.

Diagnóstico por imagem

Dermatoscopia na hiperpigmentação periorbital: uma ajuda no diagnóstico do tipo clínico

Dermoscopy in periorbital hyperpigmentation: an aid in the clinical type diagnosis

Natacha Quezada Gaón; Williams Romero

Resumo: A hiperpigmentação periorbital é motivo frequente de consulta dermatológica e pode apresentar grande impacto na qualidade de vida do paciente. Por vezes, o diagnóstico a olho nu pode deixar dúvidas se a pigmentação é vascular, por deposição de pigmento ou mista. Neste artigo descrevemos as características dermatoscópicas dessas três variantes, o que pode auxiliar na escolha da abordagem terapêutica mais adequada a cada caso.


Palavras-Chave: DERMATOSCOPIA; OLHO; HIPERPIGMENTAÇÃO; QUALIDADE DE VIDA

Novas Técnicas

Tratamento cirúrgico da hiperidrose axilar: "Shaving" interno das glândulas sudoríparas

Surgical treatment of axillary hyperhidrosis: internal "shaving" of the sweat glands

Osório Alves Corrêa de Castro Lara; Ed Wilson Tsuneo Rossoe

Resumo: A hiperhidrose axilar primária é doença comum, que afeta a vida social e profissional do indivíduo. Existem vários tratamentos descritos na literatura, como tópicos, sistêmicos e cirúrgicos. Relatamos a técnica empregada em uma paciente do sexo feminino, portadora de hiperidrose axilar, que realizou tratamento cirúrgico das axilas, evoluindo com regressão significativa da sudorese local. O objetivo deste trabalho é demonstrar a eficácia dessa técnica cirúrgica com baixos índices de complicações como opção terapêutica à hiperidrose axilar.


Palavras-Chave: HIPERIDROSE; AXILA; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS DERMATOLÓGICOS; GLÂNDULAS SUDORÍPARAS.

Relatos de casos

Caso Clínico: Laser ablativo fracionado de CO2: complicação pós-operatória

Clinical case / CO2 Laser: Post-operative complication

Patrícia de Barros Guimarães

Resumo: Os tratamentos propostos para o envelhecimento cutâneo são diversos. O laser fracionado de CO2 tem tido crescente indicação. Relata-se um caso de complicação de tratamento com essa tecnologia na região periorbital.


Palavras-Chave: BLEFAROPLASTIA; TERAPIA A LASER; DIÓXIDO DE CARBONO; RESULTADO DE TRATAMENTO.

Tratamento de Lesões Cicatriciais Acrômicas de Lúpus Discoide com Técnica de Enxertia por punch: Relato de Caso

The treatment of discoid lupus erythematosus achromic cicatricial lesions with the punch grafting technique: a case report

Luiza Eastwood Romagnolli; Larissa Montanheiro dos Reis; Fernanda Bebber Douat; Manuela Ferrasso Zuchi Delfes; Eveline Roesler Battaglin; Deborah Skusa de Torre

Resumo: Relata-se o caso de paciente do sexo feminino, de 47 anos, com lúpus discoide, variante clínica mais comum do lúpus cutâneo crônico, apresentando lesões cicatriciais acrômicas na face. Foi realizada técnica de enxertia com punch nas regiões: supraorbitária direita, malar direita e nasal. As áreas doadoras foram as regiões retroauriculares direita e esquerda. Observou-se halo de repigmentação de aproximadamente 1cm ao redor de cada enxerto. Essa técnica vem sendo utilizada no tratamento de vitiligo refratário, porém pode também ser empregada com bons resultados nas lesões cicatriciais acrômicas de lúpus discoide sem atividade.


Palavras-Chave: LÚPUS ERITEMATOSO DISCOIDE; TRANSPLANTE DE PELE; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS AMBULATORIOS; PELE.

Reconstrução da ponta nasal com retalho médio frontal

Reconstruction of the nasal tip with medial frontal flap

Petra Pereira de Sousa; Carlos Alberto Chirano Rodrigues; Renato Cândido da Silva Júnior; Carolina Chrusciak Talhari Cortez; Danielle Cristine Westphal

Resumo: A reconstrução dos defeitos cirúrgicos gerados pela excisão de tumores nasais é um desafio para os cirurgiões dermatológicos devido à estrutura rígida e de pouca mobilidade da região. Dentre as alternativas para a cobertura destes defeitos destaca-se o retalho frontal interpolar pediculado, principalmente nos casos em que há o envolvimento de duas ou mais unidades estéticas do nariz. Neste trabalho relata-se o caso de paciente com carcinoma basocelular envolvendo as asas, ponta e columela do nariz, em cujo reparo cirúrgico após a ressecção, utilizou-se o retalho frontal interpolar pediculado ou retalho médio frontal, com excelente resultado cosmético.


Palavras-Chave: CARCINOMA BASOCELULAR; RETALHOS CIRÚRGICOS; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS RECONSTRUTIVOS

Reconstrução de pálpebra inferior com retalho cutâneo e enxerto de mucosa oral

Reconstruction of the lower eyelid with a cutaneous flap and oral mucosa graft

Marcela Duarte Villela Benez; Deborah Sforza; Danielle Mann; Solange Cardoso Maciel Silva

Resumo: Ao longo dos últimos séculos, várias cirurgias para reconstrução de pálpebra foram desenvolvidas, talvez devido à complexidade dessa área anatômica. Tumores maiores do que dois terços da pálpebra inferior impossibilitam seu fechamento direto e requerem reconstrução cirúrgica que preserve a anatomia da pálpebra. O objetivo deste artigo é mostrar uma técnica de reconstrução da pálpebra inferior com mucosa jugal, retalho de Mustardé ou de avançamento e sem reconstrução do tarso. Essa técnica foi realizada em uma série de seis casos, todos apresentando resultado pós-operatório satisfatório. Esses pacientes não tiveram distorção da anatomia e não apresentaram ectrópio.


Palavras-Chave: CARCINOMA BASOCELULAR; CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS; MUCOSA BUCAL; NEOPLASIAS PALPEBRAIS; RETALHOS CIRÚRGICOS

Cartas

Hipercromia periorbital

Periorbital hyperchromia

Paula Yoshiko Masuda; Ana Luiza Grizzo Peres Martins; Patrick Alexander Wachholz

Resumo: Com a intenção de contribuir com o artigo de Lüdtke et al.(2013) publicado neste periódico, enviamos esta carta aos editores com considerações e comentários ao texto, que versa sobre o perfil de amostra de pacientes com hipercromia periorbital assistidos em unidade ambulatorial no Sul do país. Apresentamos nossas considerações e sugestões aos autores, bem como adicionamos comentários pertinentes ao trabalho publicado.


Palavras-Chave: HIPERPIGMENTAÇÃO; OLHO; DERMATOLOGIA.


Facebook Twitter Linkedin

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações