Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Sumário

Volume 5
Número 3
2013





E-book

Português | Inglês



Educação médica continuada

A fotografia na cirurgia dermatológica e na cosmiatria - Parte II

Photography in surgical and cosmetic dermatology-Part II

Maria Valéria Bussamara Pinheiro

Questões e Gabaritos do número anterior


Resumo:

A evolução da fotografia digital nas últimas décadas revolucionou a documentação dos pacientes na dermatologia. O registro fotográfico tornou-se muito mais prático e acessível, e hoje podemos dizer que a fotografia faz parte da rotina do dermatologista. Na cosmiatria, a fotografia permite avaliar o aspecto da pele, antes e depois dos procedimentos. Na cirurgia dermatológica, as imagens são utilizadas para documentar o pré e o pós-operatório, assim como detalhes intraoperatórios (como a marcação da área operada e os passos cirúrgicos). Por sua vez, o dermatologista clínico utiliza a fotografia para observar a evolução das lesões durante um tratamento. No entanto, conforme nos tornamos mais íntimos do ato de fotografar, encontramos alguns problemas, e muitas vezes, precisamos ser criativos para solucioná-los.


Palavras-Chave: FOTOGRAFIA, DERMATOLOGIA, CIRURGIA, PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS.

Artigos Originais

Avaliação de hiperpigmentação em cicatrizes de melanomas e nevos melanocíticos através da microscopia confocal

Evaluation of hyperpigmentation in melanomas and melanocytic nevi scars through confocal microscopy

Luciane Francisca Fernandes Botelho; Raquel P.R. Castro; Juliana Casagrande Tavoloni Braga; Sergio Henrique Hirata; João Pedreira Duprat Neto; Gisele Gargantini Rezze

Resumo:

Introdução: A microscopia confocal in vivo é método diagnóstico não invasivo auxiliar no diagnóstico de lesões hiperpigmentadas em cicatrizes. Objetivos: Avaliar através do exame de microscopia confocal a hiperpigmentação em cicatrizes de lesões melanocíticas benignas e malignas. Métodos: Avaliamos imagens clínicas, dermatoscópicas e de microscopia confocal de 14 pacientes com hiperpigmentação em cicatrizes de melanomas adequadamente tratados e nevos melanocíticos excisados. Resultados: Dos oito pacientes com hiperpigmentação em cicatrizes de melanomas, quatro não apresentaram estruturas suspeitas ao exame de microscopia confocal, e quatro apresentaram estruturas suspeitas. Entre os seis pacientes com hiperpigmentação em área de cicatriz de nevo melanocítico excisado, três apresentavam estruturas atípicas, como células dendríticas e papilas não demarcadas. Os pacientes com estruturas suspeitas realizaram exame histológico, e em um caso de hiperpigmentação em cicatriz de lentigo maligno foi evidenciado recidiva. Conclusões: O exame permitiu evitar a biópsia para confirmação diagnóstica em seis dos 14 pacientes avaliados. O achado de células com padrão dendrítico ou pagetoide no exame de microscopia confocal é um desafio diagnóstico, pois pode representar melanócitos ou células de Langerhans na camada espinhosa. Portanto, lesões que apresentam tais estruturas devem ser removidas para exame histológico e diagnóstico diferencial.


Palavras-Chave: MELANOMA, NEVO, DERMATOSCOPIA, MICROSCOPIA CONFOCAL.

Cirurgia micrográfica de Mohs: estudo de 93 tumores operados em um centro de referência no Rio de Janeiro

Mohs micrographic surgery: a study of 93 tumors operated on in a specialist center in Rio de Janeiro

Frederico H. Sanchez; Juliany Lima Estefan; Lidiany Lima Estefan

Resumo:

Introdução: A cirurgia micrográfica de Mohs é opção terapêutica que aumenta a taxa de cura de vários tipos de câncer de pele, com maior preservação tecidual e menores taxas de recidiva. Objetivo: Traçar o perfil clínico e histológico dos tumores operados pela cirurgia micrográfica de Mohs, em serviço privado de referência nessa técnica no município do Rio de Janeiro, Brasil, e relacioná-lo com o número de fases e tipo de reconstrução cirúrgica realizada. Métodos: Estudo retrospectivo, observacional, transversal, com revisão de prontuários. Resultados: Foram relacionados 93 tumores em 84 pacientes operados no período entre abril/2010 e agosto/2012 e seguidos até agosto/2013 (12 a 42 meses). Dados encontrados: 47,61% homens e 52,38% mulheres; idade média de 62,89 anos; fototipos predominantes II (44%) e III (43%); seis casos (6,45%) de carcinoma espinocelular; 87 (93,54%) de carcinoma basocelular; 74,19% de tumores primários; nariz como localização mais frequente (46,24%); uma fase cirúrgica realizada na maioria dos casos, tendo sido o retalho (44%) o tipo de fechamento mais realizado. Houve recidiva em um paciente, que foi reoperado em outubro/2012 e segue sem recidiva. Conclusões: A cirurgia de Mohs mostrou-se eficaz, com altos índices de cura e mínima taxa de recidiva, especialmente nas lesões da área de risco do H da face.


Palavras-Chave: CIRURGIA MICROGRÁFICA DE MOHS, CARCINOMA BASOCELULAR, CARCINOMA ESPINOCELULAR.

Aumento da dose eritematosa mínima a partir da ingestão de um suplemento vitamínico contendo antioxidantes

Increase in the minimum erythema dose level based on the intake of a vitamin supplement containing antioxidants

Flávia Alvim Sant'Anna Addor; Patrícia Camarano; Christiane Agelune

Resumo:

Introdução: O fotodano induzido pela luz ultravioleta leva agudamente a eritema solar, que é o fenômeno medido para avaliar a proteção solar de um determinado produto. Objetivo: Investigar a capacidade de um suplemento alimentar contendo antioxidantes (carotenoides, oligoelementos, óleo de linhaça e vitaminas E e C) para prevenir fotodano, usando como parâmetro a dose eritematosa mínima. Método: Foi determinada a dose eritematosa mínima de 28 voluntários de fototipos 2 e 3 de Fistspatrick, com um simulador solar, antes e após 30 e 60 dias do uso do suplemento. Resultados: O uso diário do suplemento foi bem tolerado. Houve aumento significativo da dose eritematosa mínima no grupo avaliado (p = 0,017) Conclusão: A associação de antioxidantes estudada exibiu aumento estatisticamente significativo da dose eritematosa mínima, sugerindo a atividade fotoprotetora.


Palavras-Chave: RAIOS ULTRAVIOLETA, ANTIOXIDANTES, CAROTENOIDES.

Estudo duplocego randomizado com lidocaína creme 4% e veículo na aplicação de toxina botulínica tipo A: análise da dor durante o procedimento e interferência na eficácia e duração do efeito

Doubleblind randomized study performed with 4% lidocaine cream and vehicle in the application of type A botulinum toxin: analysis of the pain during the procedure and of the interference with the efficacy and duration of the effect

Geraldo Magela Magalhães; Maria de Fátima Melo Borges; Amanda Gomes Dell'Horto; Denise de Borba Carvalho; Marcela Mattos Simões Mendonça; Marcos Alvarenga de Souza Júnior

Resumo:

Introdução: A dor durante a injeção da toxina botulínica pode representar, para alguns pacientes, uma limitação à realização do procedimento. Há dúvidas se o uso de anestésico tópico diminui a dor ou interfere no efeito e duração do tratamento. Objetivos: Objetiva-se estudar o efeito da lidocaína 4% creme no controle da dor durante aplicação da toxina botulínica BoNT-A - Speywood Unit, comparando-a ao veículo. Ademais, deseja-se verificar se o referido creme influencia o resultado e a duração do tratamento. Métodos: Estudo experimental, prospectivo, duplo-cego e randomizado. A dor foi avaliada por escala de graduação numérica compartimentada (EGNC), e o efeito, pela escala qualitativa de contração de quatro pontos. Resultados: avaliando-se a escala de dor observaram-se valores maiores no grupo placebo quando comparado ao grupo que usou anestésico, com diferença estatisticamente significativa.Além disso, não houve diferença estatística na eficácia e na duração do efeito ao longo das semanas 4, 8, 12 e 16. Conclusões: A toxina BoNT-A - Speywood Unit mostrou-se eficaz e segura para tratamento de rugas glabelares e frontais.A aplicação de anestésico tópico (lidocaína 4% creme) reduziu a dor durante o procedimento sem interferir na eficácia e duração do efeito da referida toxina.


Palavras-Chave: TOXINAS BOTULÍNICAS TIPO A, LIDOCAÍNA, DOR, TERAPÊUTICA.

Cultura de fibroblastos dérmicos humanos na presença de ácido hialurônico e polietilenoglicol: efeitos na proliferação celular, produção de colágeno e enzimas relacionadas à remodelação da matriz extracelular

Culture of human dermal fibroblasts in the presence of hyaluronic acid and polyethylene glycol: effects on cell proliferation, collagen production, and related enzymes linked to the remodeling of the extracellular matrix

Marcia Regina Monteiro; Ivarne Luis dos Santos Tersario; Sheyla Varela Lucena; Gioconda Emanuella Diniz de Dantas Moura; Denise Steiner

Resumo:

Introdução: Os preenchimentos cutâneos representam procedimentos comuns na dermatologia atual, sendo a maioria realizada com ácido hialurônico isolado ou associado a outras substâncias. Objetivo: Estudar os efeitos da adição de ácido hialurônico e polietilenoglicol a culturas de fibroblastos dérmicos humanos. Métodos: Foram avaliados: proliferação celular e produção de colágeno tipo 1 (COL1A1), na presença ou não de anticorpos antiCD44 (receptor de membrana de ácido hialurônico); síntese de metaloproteinase1 (MMP-1), fator tecidual inibidor de metaloproteinase1 (TIMP-1) e fator transformador de crescimento β (TGF-β), pela análise da expressão gênica via PCR (polymerase chain reaction); proliferação celular através da detecção da incorporação de um análogo da timidina no DNA celular. Resultados: Observou-se aumento na proliferação dos fibroblastos, bem como da síntese de colágeno nas culturas expostas ao ácido hialurônico, inibido parcialmente pela presença dos anticorpos antiCD44 nas culturas. A exposição das culturas ao ácido hialurônico aumenta a produção de TIMP-1 e TGF-β e reduz a expressão de MMP-1. Esses efeitos não foram notados nas culturas expostas ao polietilenoglicol. Conclusão: In vitro, a adição de ácido hialurônico a culturas de fibroblastos dérmicos humanos aumenta a proliferação e síntese de COL1A1,TIMP-1 e TGF-β, diminuindo a de MMP-1.A adição de antiCD44 às culturas reduz a proliferação celular e síntese de colágeno, podendo indicar o papel desse receptor na mediação desses eventos.


Palavras-Chave: FIBROBLASTOS, ÁCIDO HIALURÔNICO, MATRIZ EXTRACELULAR.

A cosmiatria na perspectiva das mulheres: estudopiloto em três estados do Brasil

Cosmiatry from the perspective of women: a pilotstudy in three Brazilian states

Gustavo Martins; Fred Bernardes Filho; Leticia Soares Sasso; Marilda Aparecida Milanez Morgado de Abreu; Omar Lupi

Resumo:

Introdução: A indústria da beleza no Brasil é a terceira do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e o Japão. Paradoxalmente, os estudos sobre os tratamentos estéticos da pele, em sua maioria, não fazem menção ao conhecimento populacional. A mulher moderna, cada vez mais inserida na sociedade, é a locomotiva que puxa o crescimento do mercado de beleza e estética Objetivos: Obter dados do conhecimento da população sobre tratamentos cosmiátricos. Métodos: Realizado um estudo descritivo, multicêntrico, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina com 600 mulheres entre 18 e 70 anos. Resultados: A maioria da população deseja corrigir as imperfeições de sua pele, porém há grande desconfiança sobre a eficácia dos tratamentos. O consultório dermatológico não é a principal fonte de informações das pessoas. Conclusão: O perfil de consumo nesse mercado sofre constantes alterações, e saber quais são os conhecimentos, os anseios e as dificuldades da população sobre esse tema é imprescindível, pois assim é possível dialogar e orientar os pacientes sobre esse crescente campo dermatológico que é a cosmiatria.


Palavras-Chave: ESTÉTICA, INDÚSTRIA DA BELEZA, LASERS, TOXINAS BOTULÍNICAS, CREME PARA A PELE.

Topografia facial das áreas de injeção de preenchedores e seus riscos

Facial topography of the injection areas for dermal fillers, and associated risks

Bhertha M. Tamura

Resumo:

Introdução: As técnicas de preenchimento constituem importante procedimento na moderna abordagem terapêutica do rejuvenescimento, sendo largamente utilizadas na atualidade. Objetivo: Auxiliar a prática dos preenchimentos e diminuir seus riscos. Método: Divisão da face em 22 regiões nas quais se indicam preenchimentos, com descrição detalhada das estruturas nervosas e vasculares de cada uma. Resultado: Essa nova divisão didática, prática e pormenorizada das regiões da face, evidenciando os possíveis riscos ligados às características anatômicas de cada região facilita a execução e diminui riscos e complicações das técnicas de preenchimento, tais como a tão temida amaurose e necroses teciduais. Conclusão: Só o conhecimento profundo da anatomia facial permite a realização de preenchimentos com segurança.


Palavras-Chave: ANATOMIA, ZONA DE RISCO, FACE.

Diagnóstico por imagem

Tomografia de coerência óptica no diagnóstico do carcinoma basocelular

Optical coherence tomography in the diagnosis of basal cell carcinoma

Elimar Elias Gomes; Tatiana Cristina Moraes Pinto Blumetti; Mariana Petaccia de Macedo; Marcela Pecora Cohen; Maria Dirlei Bergami; Gisele Gargantini Rezze

Resumo:

O diagnóstico precoce do carcinoma basocelular, neoplasia cutânea de alta incidência, pode trazer grandes benefícios ao paciente. Muitas vezes lesões pouco pigmentadas, lesões iniciais pequenas e lesões superficiais podem representar um desafio diagnóstico clínico e dermatoscópico por não apresentar os achados típicos dessa neoplasia. Nessa situação, a tomografia de coerência óptica, tecnologia promissora na dermatologia, é recurso auxiliar não invasivo que pode ser incorporado à prática clínica.


Palavras-Chave: CARCINOMA BASOCELULAR, DIAGNÓSTICO POR IMAGEM, TOMOGRAFIA DE COERÊNCIA ÓPTICA.

Artigo de revisão

Anatomia da região periorbital

Anatomy of the periorbital region

Eliandre Costa Palermo

Resumo:

Um estudo cuidadoso da anatomia da órbita é muito importante para os dermatologistas, mesmo para os que não realizam grandes procedimentos cirúrgicos, devido à elevada complexidade de estruturas envolvidas nos procedimentos dermatológicos realizados nesta região. O conhecimento detalhado da anatomia facial é o que diferencia o profissional qualificado, seja na realização de procedimentos minimamente invasivos, como toxina botulínica e preenchimentos, seja nas exéreses de lesões dermatológicas, evitando complicações e assegurando os melhores resultados, tanto estéticos quanto corretivos. Trataremos neste artigo da revisão da anatomia da região órbito-palpebral e das estruturas importantes correlacionadas à realização dos procedimentos dermatológicos.


Palavras-Chave: PÁLPEBRAS, ANATOMIA, PELE.

Novas Técnicas

Tratamento de onicomicose dos háluces por dermatófito com laser Nd: YAG 1064nm

Treatment of dermatophyte onychomycosis of the haluces with 1064 Nd: YAG laser

Renata Heck; Cristina Rossi; Isabel Cristina Palma Kuhl; Lucio Bakos

Resumo:

A onicomicose é uma doença muito prevalente em nosso meio, cujos tratamentos atuais apresentam baixas taxas de cura, potenciais efeitos adversos e interações medicamentosas que limitam seu uso. Estudos recentes apresentam a laserterapia como uma nova opção terapêutica segura e eficaz. Foi realizado este tratamento em 12 pacientes, num total de 20 unhas acometidas, com 3 sessões de aplicação do laser Nd:YAG 1064nm pulso longo, com intervalo de duas semanas entre elas. Os resultados corroboram os dados atuais de boa resposta clínica e segurança deste novo método.


Palavras-Chave: ONICOMICOSE, LASERS, TRATAMENTO AVANÇADO.

Relatos de casos

Granuloma Piogênico: descrição de dois casos incomuns e revisão da literatura

Pyogenic granuloma: description of two unusual cases and review of the literature

Alessandra Yoradjian; Luciana C. Maluf Azevedo; Luciana Cattini; Ricardo Alves Basso; Deborah Krutman Zveibil; Francisco Macedo Paschoal

Resumo:

Granuloma piogênico é proliferação vascular benigna e comum, geralmente secundária a eventos como trauma cutâneo. É sabido que algumas lesões podem mimetizar o melanoma e vice-versa, sendo recomendadas remoção cirúrgica e análise anatomopatológica. O advento de tecnologias que ampliam a imagem reconhecida pelo olho, como a dermatoscopia, através da identificação de algumas estruturas e determinação de padrões específicos, pode facilitar essa diferenciação e ajudar na tomada de decisões. Em situações raras, sua apresentação clínica mostra-se inusitada, e o objetivo deste artigo é demonstrar esse fato e revisar a literatura médica sobre o assunto, com foco nos achados dermatoscópicos.


Palavras-Chave: GRANULOMA PIOGÊNICO, DERMATOSCOPIA, MELANOMA.

A utilização do retalho AT para reconstrução de ferida operatória no dorso da mão

The use of the AT flap for reconstructing surgical wounds on the dorsum of the hand

Rubens Pontello Júnior; Rogério Nabor Kondo; Ricardo Pontello

Resumo:

O dorso das mãos é sede de tumores que muitas vezes necessitam de abordagem cirúrgica. Devido à limitada mobilidade cutânea, feridas cirúrgicas amplas tornam-se um desafio ao cirurgião dermatológico. Relatamos o caso de paciente apresentando tumor em região dorsal de mão esquerda que, após retirada com margem de segurança, apresentou ferida cirúrgica ampla, tendo sido feita a opção por reconstrução com retalho A-T. Seis meses após, o paciente apresenta-se curado, com preservação total da mobilidade da mão e ótimo resultado estético. Reforça-se o conceito da utilização de retalhos, sempre que possível, para o fechamento de feridas cirúrgicas amplas.


Palavras-Chave: MÃOS, NEOPLASIAS, RETALHOS CIRÚRGICOS.

Siringocistoadenoma papilífero localizado na coxa

Syringocystadenoma papilliferum located in the thigh

Alex Panizza Jalkh; Anne Caroline da Silva Menezes; Alcidarta dos Reis Gadelha

Resumo:

Siringocistadenoma papilífero é tumor benigno raro, mais comum em couro cabeludo e face. Pode apresentar-se como lesão independente ou associada ao nevo sebáceo de Jadassohn. Foram relatados na literatura raros casos desse tumor com localização na coxa. Descrevemos o caso de uma paciente com siringocistadenoma papilífero distinguido por seu componente apócrino intradérmico tubular papilífero.


Palavras-Chave: ADENOMA DE GLÂNDULA SUDORÍPARA; NEOPLASIAS CUTÂNEAS; NEOPLASIAS DE ANEXOS E DE APÊNDICES CUTÂNEOS.

Utilidade do retalho de Karapandzic na reconstrução de grandes defeitos do lábio inferior

The usefulness of Karapandzic flap in the reconstruction of large defects of the lower lip

Paula Luz Stocco; Guilherme Fonseca; Lucas Emanuel de Lima Azevedo; Thais Bittencourt Gonçalves Teles; Carmélia Matos Santiago Reis

Resumo:

A reconstrução dos defeitos resultantes das ressecções tumorais constitui um desafio para o cirurgião, que deve buscar bom resultado tanto funcional quanto estético. O objetivo deste trabalho é descrever a técnica cirúrgica usada em homem de 78 anos com diagnóstico de carcinoma de células escamosas no lábio inferior e que foi submetido à excisão da lesão e reconstrução com a técnica de Karapandzic. Esse retalho é usado na reconstrução de defeitos cirúrgicos que ocupam de 40 a 75% de extensão do lábio.


Palavras-Chave: CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS, RETALHOS CIRÚRGICOS, NEOPLASIAS LABIAIS.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações