Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Questoes e Gabaritos

Voltar ao sumário

 

 

Complicações com o uso de lasers.Parte I: lasers não ablativos não fracionados


 

1. Qual das alternativas abaixo é uma das características dos lasers
não ablativos?
a. Melhorar os sinais de fotoenvelhecimento com um pós-operatório prolongado.
b. Ser tão efetivo para o fotoenvelhecimento quanto os lasers ablativos.
c. Ser indicado para rejuvenescimento, remoção ou atenuação de alterações vasculares, pigmentares, incluindo tatuagens, cicatrizes e pelos.
d. Apresentar altas taxas de efeitos colaterais.
e. Nenhuma das alternativas acima.
2. Qual dos fatores abaixo NÃO aumenta o potencial para
complicações com os lasers não ablativos?
a. Pulsos sobrepostos.
b. Múltiplas passadas.
c. Uso de parâmetros excessivos.
d. Seleção inadequada de pacientes.
e. Uso de corticoide tópico pós-laser.
3. Assinale a alternativa correta em relação ao tipo de laser,
comprimento de onda e sua indicação:
a. Nd:YAG pulso longo/1.064nm/lesões vasculares, epilação e rejuvenescimento.
b. Alexandrite Q-switched/694nm/tatuagens e remoção de pigmentos.
c. Nd:YAG Q-switched/532 e 1.064nm/epilação.
d. Corante pulsado/755nm/lesões vasculares.
e. Diodo/532nm/epilação e lesões vasculares.
4. Em relação à dor provocada pelos lasers não ablativos, é correto
afirmar que:
a. Quase todos os aparelhos são praticamente indolores.
b. O resfriamento cutâneo pode ser utilizado para alívio da dor.
c. A maioria dos pacientes não toleram o procedimento por ser extremamente doloroso.
d. Não é indicado o uso de anestésico tópico ou infiltrativo por prejudicar a visualização do resultado.
e. Todas as alternativas estão corretas.
5. Púrpura e eritema são efeitos colaterais possíveis com os lasers
não ablativos. Qual alternativa está INCORRETA em relação a estes
efeitos?
a. O eritema geralmente dura no máximo 24 horas.
b. Já foram descritos casos de eritema reticulado persistente, principalmente nas pernas, pós-epilação a laser de alexandrite.
c. Púrpura ocorre mais comumente após o uso do laser de corante pulsado.
d. Pacientes em uso de anticoagulantes orais podem apresentar sangramento puntiforme e púrpura na remoção de tatuagens a laser.
e. Nenhuma das alternativas acima.
6. Em relação à formação de bolhas e crostas com lasers não
ablativos. É correto afirmar que:
a. A formação de bolhas e crostas ocorre devido ao dano térmico na derme.
b. Ocorre devido ao uso de elevadas fluências ou pelo excesso de cromóforo.
c. Podem ocorrer com apenas com alguns aparelhos.
d. É mais frequente com os lasers de diodo.
e. Todas as alternativas acima.
7. Quanto às infecções provocadas pelos lasers não ablativos.
É correto afirmar que:
a. É complicação frequente com o uso dos lasers não ablativos.
b. O herpes simples é o agente mais frequente.
c. A profilaxia antiviral é mandatória para o uso dos lasers não ablativos.
d. Infecções bacterianas geralmente ocorrem por Pseudomonas aeruginosa.
e. Infecções são mais frequentes com lasers não ablativos do que com os lasers ablativos.
8. Em relação as cicatrizes é INCORRETO afirmar que:
a. A cicatrização retardada é mais frequente com os lasers ablativos.
b. Podem predispor cicatrizes fatores como doenças do colágeno, tabagismo e infecções.
c. A cicatrização retardada quase nunca é seguida de cicatriz permanente, logo o paciente deve ser tranquilizado e orientado a retornar em três meses.
d. Cicatriz é a complicação mais temida e cada vez menos presente pelo desuso dos lasers de ondas contínuas e o crescente uso dos sistemas de resfriamento.
e. Pode ocorrer tanto pelo ajuste inadequado dos parâmetros do aparelho (fluências e duração de pulso) como também por complicações póslaser, como infecções.
9. Assinale a alternativa correta em relação a hiperpigmentação pósinflamatória
(HPI):
a. A HPI geralmente é definitiva.
b. Ocorre devido ao depósito de melanina em resposta ao dano térmico provocado pelo laser.
c. Não há diferença na incidência de HPI entre fototipos diferentes.
d. Não há como diminuir os riscos de HPI.
e. Os estudos mostram taxa média de 20% de HPI com lasers não ablativos.
10. Em relação a hipertricose paradoxal é INCORRETO afirmar que:
a. A hipertricose paradoxal é complicação que vem sendo descrita pósepilação a laser.
b. Caracteriza-se pelo desenvolvimento de pelos em áreas que já tinham pelos antes do tratamento.
c. As áreas com hipertricose paradoxal geralmente são adjacentes à área da epilação a laser.
d. Já foram descritos casos de HPI pós-epilação com a luz intensa pulsada, laser de alexandrite, de Nd:YAG 1.064nm, entre outros.
e. Possivelmente ocorre devido à dissipação de energia térmica subterapêutica para as áreas adjacentes ao tratamento e a consequente estimulação de folículos pilosos.

Gabarito do número anterior

1. A 2. A 3. A 4. D 5. A 6. B 7. B 8. A 9. B 10. A
© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações