Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Questoes e Gabaritos

Voltar ao sumário

 

 

Fontes de energia não laser no rejuvenescimento: parte II


 

1. O espectro de ação da luz pulsada caracteriza-se por:
a. Baixo comprimento de onda
b. Estreito comprimento de onda
c. Amplo comprimento de onda
d. Alto comprimento de onda
e. Restrito comprimento de onda
2. Os cromóforos que mais absorvem o raio da luz pulsada são:
a. Água e grandes vasos
b. Pigmentos melânicos profundos
c. Água e melanina
d. Melanina e hemoglobina
e. Água e pigmentos melânicos profundos
3. É critério de segurança para a luz pulsada:
a. Ponteira com diâmetro grande e pulso único
b. Ponteira com diâmetro pequeno e pulsos triplos
c. Curta duração do pulso
d. Ponteira resfriada
e. Ponteira pequena e pulsos triplos
4. Luz pulsada é uma luz:
a. Coerente
b. Colimada
c. Banda estreita
d. Difusa
e. Coerente e banda larga
5. Melhor indicação da luz pulsada:
a. Remoção de pigmentos superficiais
b. Resurfacing
c. Remoção de pigmentos dérmicos
d. Promoção da neocolagênese
e. Contração do colágeno
6. Radiofrequência é tecnologia que envolve:
a. Fótons colimados
b. Elétrons
c. Fótons e elétrons
d. Fótons não colimados
e. Elétrons colimados
7. A radiofrequência e o infravermelho têm em comum:
a. Tipo de tecnologia
b. Mesmo espectro eletromagnético
c. Promoção da contração das fibras colágenas
d. Tipo de proteção ocular
e. Melhora da pigmentação cutânea
8. O efeito colateral mais importante da radiofrequência e do infravermelho é/são:
a. Queimaduras com bolhas
b. Hipercromia
c. Hipocromia
d. Cicatrizes hipertróficas
e. Estrias
9. A substância mais envolvida na terapia fotodinâmica é:
a. Protoporfirina VI
b. Protoporfirina IV
c. Protoprofirina IX
d. Protoprofirina XI
e. Protoporfirina XII
10. Para o rejuvenescimento da pele, a terapia fotodinâmica é considerada:
a. Uma alternativa
b. Um método de eleição
c. Efeitos comparáveis aos lasers fracionados ablativos
d. Efeitos comparados aos peelings médios/profundos
e. Efeito comparado ao peeling de fenol

Gabarito do número anterior

1. C 2. A 3. D 4. A 5. E 6. A 7. D 8. E 9. B 10. E
© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações