Sociedade Brasileira de Dermatolodia Surgical & Cosmetic Dermatology

GO TO

ISSN-e 1984-8773

Artigos
RelacionadosA consulta encontrou: 34 resultado(s)

Voltar ao artigo

 

Artigo de investigação

Matricectomia da unha encravada do hálux: estudo imuno-histoquímico da matriz retirada

Matricectomy of the hallux’s ingrowing nail: immunohistochemical study of the removed matrix

Bherta M. Tamura, Benjamin Golcman, Luiz Carlos Cucé, Mirian N. Sotto, Neil F. Novo

Resumo: Introdução: A extensão lateral da matriz germinal da unha não é demonstrada na literatura. Objetivo: Identificar os limites laterais da matriz ungueal. Material e métodos: Avaliamos a área de proliferação da extensão lateral da matriz ungueal em amostras cirúrgicas resultantes da matricectomia para tratamento da unha encravada do hálux com o marcador immuno-histoquímico Ki-67. Obtivemos 21 amostras e observamos a epiderme, as regiões ventral e dorsal da matriz, bem como as matrizes ventral e dorsal do ângulo lateral/medial. Resultados: O teste de comparação múltipla demonstrou que o número de células na matriz ventral é maior que o número encontrado na pele, na matriz dorsal, no ângulo da matriz dorsal e no ângulo da matriz ventral. O número de células na pele e no ângulo da matriz ventral é maior que o número encontrado no ângulo da matriz dorsal. Conclusão: O limite lateral da matriz ungueal possui atividades proliferativas. A cirurgia realizada sem remoção completa da região proliferativa lateral/medial da matriz ungueal pode infl uenciar a taxa de recorrência de matricectomias. Palavras-chave: hálux, unha, imuno-histoquímica, procedimento cirúrgico ambulatorial.


Palavras-Chave: HALLUX, UNHAS, IMUNOISTOQUÍMICA, PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS AMBULATÓRIOS

Quimioabrasão para tratamento de rugas periorais: avaliação clínica e quantificação das células de langerhans epidérmicas

Chemabrasion for the treatment of perioral wrinkles: clinical analysis and epidermal Langerhans cells qualifi cation

Ana Paula Gomes Meski, MD, Luiz Carlos Cucé, MD PhD

Resumo: As técnicas ablativas oferecem bons resultados no rejuvenescimento da região perioral, mas acarretam alterações imunológicas locais. Objetivos: Avaliar a eficácia e a segurança da quimioabrasão, no rejuvenescimento da região perioral, e quantificar as células de Langerhans epidérmicas nos períodos pré e pós-operatório. Material e Métodos: Foi realizada a aplicação de ácido tricloroacético a 35%, seguida de dermabrasão manual com lixas d’água na região perioral, em 12 pacientes, sem antecedentes de infecção por herpes simples. O acompanhamento clínico e fotográfi co foi realizado 30 dias e 12 meses após a cirurgia. Técnicas de imuno-histoquímica quantificaram as células de Langerhans antes e 30 dias após. Resultados: Todas as pacientes apresentaram melhora da pele da região perioral e redução da quantidade das células de Langerhans, após 30 dias (p = 0,002). Três desenvolveram herpes simples. Conclusões: A quimioabrasão oferece bons resultados para o tratamento de rugas periorais, e, após 30 dias, as células de Langerhans permanecem em menor número.


Palavras-Chave: ENVELHECIMENTO DA PELE, QUIMIOABRASÃO, MÉTODOS, DERMABRASÃO, ÁCIDO TRICLOROACÉTICO, USO TERAPÊUTICO, IMUNOISTOQUÍMICA, CÉLULAS DE LANGERHANS

Artigo de revisão

Acne da mulher adulta: revisão para o uso na prática clínica diária

Acne in adult women: a review for the daily clinical practice

Beatriz de Medeiros Ribeiro; Ivonise Follador; Adilson Costa; Fábio Francesconi; Juliane Rocio Neves; Luiz Maurício Costa Almeida

Resumo:

A acne da mulher adulta é conceituada como o quadro acneico presente em mulheres a partir dos 25 anos. Pode iniciar-se na adolescência e persistir até a idade adulta ou surgir nesta última fase. Influencia as relações pessoais, podendo levar à introspecção e depressão. Caracteriza-se por lesões predominantemente inflamatórias, localizadas preferencialmente no mento e pescoço. As causas ainda não foram completamente elucidadas. A patogênese envolve os andrógenos circulantes em associação a outros fatores, como hereditariedade, estresse, exposição ultravioleta, obesidade, alimentação, tabagismo e presença de doenças endócrinas associadas. O tratamento engloba o arsenal para tratamento da acne vulgar associado a outras terapias.


Palavras-Chave: ACNE; HIPERANDROGENISMO; PROPIONIBACTERIUM ACNES; HIPERINSULINISMO

Propionibacterium acnes e a resistência bacteriana

Propionibacterium acnes and bacterial resistance

Juliane Rocio Neves; Fábio Francesconi; Adilson Costa; Beatriz de Medeiros Ribeiro; Ivonise Follador; Luiz Maurício Costa Almeida

Resumo:

O Propionibacterium acnes (P. acnes) é um dos principais microrganismos observados na pele. Encontrado predominantemente nos folículos pilosos, prefere condições anaeróbicas, coloniza preferencialmente as regiões com alta produção de sebo e é a principal bactéria envolvida na patogênese da acne. O uso indiscriminado de antibióticos para o tratamento da acne vulgar pode causar o desenvolvimento de resistência bacteriana. Este artigo tem a intenção de fornecer ao dermatologista os dados mais atuais desde sua classificação até os mecanismos fisiopatogênicos envolvidos na resistência bacteriana do P. acnes e suas possíveis implicações clínicas.


Palavras-Chave: PROPIONIBACTERIUM ACNES; FARMACORRESISTÊNCIA BACTERIANA; ACNE VULGAR

Etiopatogenia da acne vulgar: uma revisão prática para o dia a dia do consultório de dermatologia

Etiopathogeny of acne vulgaris: a practical review for day-to-day dermatologic practice

Beatriz de Medeiros Ribeiro; Luiz Maurício Costa Almeida; Adilson Costa; Fábio Francesconi; Ivonise Follador; Juliane Rocio Neves

Resumo:

Acne vulgaris is a very common dermatosis affecting the general population. Due to its prevalence, it is a much studied pathology. A number of studies on the subject are published on a yearly basis, including those on its pathogenesis. The present review aims at compiling the classically known etiopathogenic factors of acne vulgaris and introducing new concepts, such as the inflammatory nature of this condition. This new knowledge is crucial in the search for the best treatment option.


Palavras-Chave: ACNE VULGAR; PROPIONIBACTERIUM ACNES; ÁCIDO LINOLEICO

Cuidados préoperatórios em cirurgia dermatológica

Preoperative care in dermatologic surgery

Jules Rimet Borges; Luiz Fernando Fróes Fleury Júnior; Ana Maria Quinteiro Ribeiro

Resumo: Os cuidados pré-operatórios em cirurgia dermatológica visam prevenir complicações nos períodos intra e pós-operatório. A história clínica irá determinar a necessidade de exames complementares de profilaxia de endocardite bacteriana, de infecção no sítio cirúrgico e em próteses valvares e ortopédicas. Diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica devem estar controlados. A varfarina (mantendo o RNI dentro da faixa terapêutica) e o ácido acetilsalicílico para prevenção secundária de eventos cardiovasculares devem ser mantidos. Outros medicamentos devem ser avaliados. Eletrocirurgia monopolar deve ser evitada em pacientes que utilizam dispositivos eletrônicos implantáveis.


Palavras-Chave: CUIDADOS PRÉ-OPERATÓRIOS; ANTIBIOTICOPROFILAXIA; ANTICOAGULANTES; ELETROCIRURGIA.

Artigos Originais

Terapia fotodinâmica com luz do dia: farmacoeconomia no uso do creme de metilaminolevulinato para ceratoses actínicas faciais

Daylight photodynamic therapy: pharmacoeconomics of methyl aminolevulinate cream use for facial actinic keratoses

Luiz Eduardo Garcia Galvão; Heitor de Sá Gonçalves; Juliana Chagas Caldas; Carolina Muratori Cavalcante

Resumo:

Introdução: As ceratoses actínicas são as lesões pré-malignas de pele mais comuns, apresentando caráter crônico e recorrente. A terapia fotodinâmica com luz do dia tem sido utilizada no tratamento de ceratoses actínicas de face e couro cabeludo.
Objetivo: Demonstrar a possibilidade da realização da terapia fotodinâmica com luz do dia em serviço público para o tratamento de ceratoses actínicas em face, utilizando um tubo de creme de metilaminolevulinato em até quatro pacientes.
Métodos: Foram selecionados 10 pacientes para a realização de terapia fotodinâmica com luz do dia, realizando-se curetagem das ceratoses actínicas seguidas da aplicação de filtro químico e creme de metilaminolevulinato em toda a face.
Resultados: um tubo de creme de metilaminolevulinato, foi suficiente para tratar até quatro pacientes com múltiplas ceratoses actínicas de face, enquanto os estudos sugerem o uso de pelo menos 1g para tratar uma face completa.
Conclusões: O resultado nos leva a afirmar que na terapia fotodinâmica com luz do dia, a utilização de quantidade inferior a 1 grama de creme de metilaminolevulinato no tratamento de ceratoses actínicas de face é posologia factível para obtenção de efetiva resposta clínica.


Palavras-Chave: CERATOSE ACTÍNICA; FOTOQUIMIOTERAPIA; FARMACOECONOMIA

Fração vascular estromal, uma nova terapêutica no fotoenvelhecimento: estudo comparativo e controlado

Stromal vascular fraction, a new therapy in photoaging: a comparative controlled study

Kelly Cristina Signor; Denise Steiner; Dirlene Roth; Miguel Luiz Batista Júnior; Luciana Gasques de Souza; Kaltinaitis Benetton Nunes Hypolito dos Santos

Resumo:

Introdução: A fração vascular estromal derivada do tecido adiposo é fonte rica de diferentes células, contendo grande população de células-tronco, que tem capacidade de diferenciação para diversas linhagens. Em dermatologia, há diversos estudos sobre a eficácia das células-tronco, que apresentam ação antioxidante e efeitos no rejuvenescimento. No entanto, ainda são poucos os relatos sobre os efeitos antienvelhecimento da fração vascular estromal.
Objetivo: Avaliar a efetividade da fração vascular estromal no rejuvenescimento facial.
Métodos: Estudo prospectivo, comparativo e controlado, com 10 pacientes divididos em dois grupos e submetidos a tratamento do sulco nasogeniano com: Grupo 1: fração vascular estromal e Grupo 2: preenchedor convencional: hidroxiapatita de cálcio. Foram realizadas avaliações clínica, fotográfica e histológica com análise estatística dos dados.
Resultado: Ambas as técnicas produziram resultados satisfatórios e semelhantes.
Conclusões: A aplicação da fração vascular estromal é técnica relativamente nova que apresenta bons resultados clínicos, sendo opção promissora para o rejuvenescimento.


Palavras-Chave: CÉLULAS-TRONCO ADULTAS; ENVELHECIMENTO DA PELE; REJUVENESCIMENTO

Uso do pycnogenol no tratamento do melasma

The use of pycnogenol in the treatment of melasma

Camila Araujo Scharf Pinto; Manuela Ferrasso Zuchi Delfes; Larissa Montanheiro dos Reis; Luiz Eduardo Garbers; Paola Cristina Vieira da Rosa Passos; Deborah Skusa de Torre

Resumo:

Introdução: Melasma é uma hipermelanose comum, adquirida e de difícil tratamento por ser uma condição refratária e recorrente. O pycnogenol é um potente antioxidante que por possuir ação protetora contra radiação ultravioleta pode apresentar eficácia no tratamento do melasma. Objetivos: Avaliação da efetividade do pycnogenol 100mg/dia no tratamento do melasma. Métodos: Estudo prospectivo, randomizado e intervencional com 31 pacientes. As participantes selecionadas fizeram uso do pycnogenol 100 mg por dia durante 90 dias, bem como de filtro solar. Foram avaliadas quanto a extensão do melasma (MASI - Melasma Area Severity Index) e qualidade de vida (MELASQol - Melasma Quality of life, ambos questionários já validados na literatura. Foi realizado também documentação fotográfica antes e após o tratamento. Resultados: Os resultados de eficácia mostraram uma redução significativa (p<0,05) nos escores para ambas as escalas avaliadas. Segundo a auto-avaliação das participantes 94,4% apresentaram uma melhora clínica. Conclusões: O pycnogenol 50mg demonstrou ser efetivo no tratamento do melasma após a utilização de 2 comprimidos/ dia durante 90 dias. Os resultados para os escores dos questionários foram estatisticamente significantes tanto para área do melasma quanto para qualidade de vida. Além disso, o produto demonstrou ser seguro, dada a baixa incidência de efeitos colaterais.


Palavras-Chave: MELANOSE; QUIMIOPREVENÇÃO; ADJUVANTES FARMACÊUTICOS

Terapia fotodinâmica e imiquimode no tratamento de ceratoses actínicas múltiplas da face: um estudo comparativo e randomizado

Photodynamic therapy versus imiquimod in the treatment of multiple actinic keratoses of the face: a comparative randomized study

Analupe Webber; Lucio Bakos; Isabel Cristina Palma Kuhl; Carolina Degen Meotti; Luiz Fernando Bopp Muller

Resumo: Introdução: A importância do diagnóstico e tratamento precoces das ceratoses actínicas (CA) está bem estabelecida. Existem várias opções terapêuticas eficazes no tratamento das CA. Objetivos: Comparar a eficácia e preferência do paciente entre imiquimode creme 5% e terapia fotodinâmica para o tratamento de CA. Métodos: 12 pacientes com total de 245 lesões foram tratados com MAL-PDT e imiquimode creme 5%. Foi realizada randomização para determinar a hemiface (direita ou esquerda) para cada tratamento. Inicialmente os pacientes foram submetidos a MAL-PDT. Após um mês, iniciaram o uso de imiquimode no outro lado da face, duas vezes por semana durante 16 semanas. Após seis meses, os dois tratamentos foram analisados por um investigador cego quanto a eficácia, tolerabilidade, preferência do paciente e resultado estético. Resultados: Ambos os tratamentos apresentaram boa resposta terapêutica: 72% das lesões tratadas com MAL-PDT e 76% das tratadas com imiquimode tiveram melhora completa. O tamanho médio das lesões residuais foi similar com os dois tratamentos. 10 pacientes (83%) preferiram o tratamento com PDT (p: 0,03). Conclusões: PDT e imiquimode são eficazes no tratamento das CA. Os resultados deste estudo mostraram eficácia similar e bons resultados estéticos com os dois tratamentos. Entretanto, a maioria dos pacientes preferiu a PDT.


Palavras-Chave: CERATOSE ACTÍNICA; RESULTADO DE TRATAMENTO; TERAPÊUTICA.

Delineamento epidemiológico dos casos de melanoma cutâneo atendidos em um hospital terciário de Campinas, São Paulo, Brasil

Epidemiological delineation of cutaneous melanoma cases treated in a tertiary hospital in Campinas, São Paulo State, Brazil

Ellem Tatiani de Souza Weimann; Thaísa Saddi Tannous Silvino; Lissa Sabino de Matos; André Luiz Simião; Adilson Costa

Resumo: Introdução: O melanoma cutâneo apresenta significativa relevância entre os tumores malignos de pele, pois apesar de sua baixa incidência (3-4%) é o de maior mortalidade. No Brasil, as estimativas para o ano de 2014 correspondem a 10% de todas as neoplasias sendo portando um importante problema de saúde pública. Objetivos: Apresentar dados epidemiológicos relacionados ao câncer de pele melanoma em uma região do interior do Estado de São Paulo. Métodos: Estudo descritivo, retrospectivo e transversal através de análise de dados de prontuários médicos de um hospital terciário, sujeito a viés de aferição e informação. Realizou se análise descritiva com freqüência e porcentagem. Resultados: A prevalência dos casos de melanoma cutâneo foi para o sexo feminino (71%), indivíduos entre 50 e 70 anos (56%), caucasianos (78%), que identificaram suas lesões através de auto-exame (42%), com predomínio de acometimento no tronco (35%). O tipo subtipo histológico mais prevalente foi o disseminativo superficial (58%). Conclusões: Conhecer a epidemiologia do melanoma cutâneo em uma dada região permite e facilita ações médicas, a fim de serem estabelecidas melhores estratégias de prevenção primária e secundária.


Palavras-Chave: MELANOMA; EPIDEMIOLOGIA; NEOPLASIAS CUTÂNEAS.

Tratamento da lipodistrofia ginoide com radiofrequência unipolar: avaliação clínica, laboratorial e ultrassonográfica

Treatment of gynoid lipodystrophy with unipolar radiofrequency: clinical, laboratory, and ultrasonographic evaluation

Bruna Souza Felix Bravo, Maria Claudia Almeida Issa, Raul Luiz de Souza Muniz, Carolina Martinez Torrado

Resumo: Introdução: A lipodistrofia ginoide pode acometer até 95% das mulheres pós-púberes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto da pele. Procedimentos invasivos têm tempo de recuperação longo e podem causar complicações. Métodos não invasivos, como a radiofrequência, têm obtido popularidade. Objetivo: Avaliar a segurança e eficácia da radiofrequência unipolar no tratamento da lipodistrofia ginoide.Métodos: Oito mulheres com lipodistrofia ginoide grau II e III, na região glútea e coxas, foram submetidas ao tratamento com quatro sessões de radiofrequência unipolar com intervalos quinzenais. Foi realizada avaliação clinicofotográfica, laboratorial e ultrassonográfica das pacientes antes, durante e 30 dias após termo da última sessão. Resultados: Clinicamente, a melhora na flacidez da pele foi observada em todas as oito pacientes tratadas, e a melhora na morfologia em quatro delas. A avaliação ultrassonográfica mostrou aumento estatisticamente significativo (p < 0,05%) na espessura da derme após tratamento em sete das oito pacientes. Não foram observadas alterações laboratoriais. Conclusões: A radiofrequência unipolar é método eficaz e seguro no tratamento da lipodistrofia ginoide da região glútea e coxas.


Palavras-Chave: CELULITE, RESULTADO DE TRATAMENTO, ULTRA-SONOGRAFIA

Avaliação clínica de uma formulação de uso tópico como auxiliar na prevenção de estrias na gestação

Clinical evaluation of a topical formulation to help prevent stretch marks during pregnancy

Flávia Alvim Sant’Anna Addor; Carolina Boggio Felsberg Coelho; Fabricio Collares Rosas; Luiz Carlos Alves Steffen; Felipe Fernandes de Abreu

Resumo: Introdução: As estrias ocorrem pelo rápido estiramento da pele, típico da gestação. Tratamentos tópicos vêm sendo estudados para prevenir seu aparecimento. Objetivo: avaliar a eficácia preventiva de estrias de uma formulação tópica. Métodos: Avaliaram-se 75 gestantes entre 18 e 40 anos. A área tratada foi o abdome, e a área-controle, a face interna do antebraço, com e sem o produto de teste, avaliando-se: maciez, hidratação e elasticidade além de medidas biofísicas para elasticidade e hidratação. Resultados: Das 75 gestantes, 52 finalizaram o estudo; destas, 9,6% apresentaram estrias na área abdominal tratada. Houve melhora significativa em os todos parâmetros clínicos avaliados (p<0,001). Nas medidas instrumentais, houve melhora significativa da hidratação e elasticidade na área abdominal, superior à da área-controle; quanto ao antebraço, também houve melhora significativa da área tratada em relação ao controle para ambos os parâmetros avaliados (p = 0,001). Comentários e Conclusão: A associação dos ingredientes da formulação (ácido láctico e lactato de sódio em emulsão com triglicerídeos do ácido caprílico e cáprico) foi capaz de aumentar os níveis de elasticidade e hidratação, reduzindo a incidência de estrias em comparação ao relatado em literatura.


Palavras-Chave: ESTRIAS DE DISTENSÃO, GRAVIDEZ, RELAXINA

Toxina botulínica em hiperidrose plantar avaliada através de sistema de imagens digitais

Botulinum toxin in plantar hyperhidrosis assessed by a digital imaging system

Bhertha M.Tamura, Tatiana Basso Biasi, Raquel Leão Souza, Luiz Carlos Cucé

Resumo: Introdução: A hiperidrose é uma doença caracterizada pela transpiração excessiva e descontrolada, sendo a toxina botulínica o tratamento mais atual. Objetivo: A toxina botulínica do tipo A age através do bloqueio transitório da liberação da acetilcolina nas fibras colinérgicas autônomas, reduzindo a transpiração. O emprego desse tratamento tem aumentado à medida que os pacientes reconhecem a eficácia da substância. Métodos: Sete pacientes foram tratados com uma dose total de 100U de toxina botulínica. Os resultados foram avaliados com base nas opiniões dos pacientes e dos médicos, e em fotografias digitais analizadas por sistema Image Pro®. Resultados: Os pacientes apresentaram, em média, uma melhora clínica da hiperidrose da ordem de 73%. O processo foi documentado fotograficamente. Conclusões: Não há necessidade da utilização de doses altas de toxina botulínica para a obtenção de bons resultados.vitiligo; avaliação; protetores de raios solares.


Palavras-Chave: TOXINAS BOTULÍNICAS, HIPERIDROSE, HIPERIDROSE/TRATAMENTO

Cirurgia Micrográfica de Mohs para preservação tecidual nas cirurgias oncológicas da face

Mohs Micrographic Surgery for tissue preservation in facial oncologic surgery

Luiz Roberto Terzian, Vanessa Mussupapo Andraus Nogueira, Francisco Macedo Paschoal, Juliano C. Barros, Carlos D’Apparecida S.Machado Filho

Resumo:

Introdução: Os cânceres de pele mais comuns são os carcinomas basocelulares, que ocorrem frequentemente na face.Os pacientes se preocupam muito com os danos estéticos e funcionais, sendo a cirurgia micrográfica de Mohs terapêutica segura que permite preservação tecidual com mínimos danos estéticos.
Objetivo: Avaliar se o uso da cirurgia de Mohs no tratamento dos carcinomas basocelulares, localizados em áreas esteticamente importantes da face, preserva tecido sadio.
Métodos: Foram incluídas 49 cirurgias para tratar tumores com localização peribucal, periocular, orelha e asa nasal, em 2008, na Faculdade de Medicina do ABC. Os tumores foram agrupados conforme características clínicas e histológicas, e as margens obtidas foram analisadas e comparadas com as recomendadas pela literatura. Os pacientes foram reavaliados após dois anos.
Resultados: As medianas das margens removidas com a cirurgia de Mohs foram muito menores do que as recomendadas para cirurgia excisional, com importante preservação tecidual.
Conclusão: A cirurgia de Mohs permitiu importante preservação de tecido sadio (56%-86%) no tratamento dos carcinomas basocelulares localizados em áreas esteticamente importantes face, com mínimos danos. Indicamos a cirurgia de Mohs como opção terapêutica segura e estética no tratamento dos carcinomas basocelulares faciais.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS, CARCINOMA BASOCELULAR, ESTÉTICA, FACE, NEOPLASIAS CUTÂNEAS

Experiência na terapia fotodinâmica com cloridrato de aminolevulinato de metila para queratose actínica e neoplasia cutânea não melanocítica

Photodynamic therapy with methyl aminolevulinate hydrochloride for actinic keratosis and non-melanocytic cutaneous neoplasia

Luiz Eduardo Garcia Galvão, Heitor de Sá Gonçalves, Antônio Renê Diógenes de Sousa, Leonardo Augusto Coelho Torres da Silva, Iana de Almeida Siqueira

Resumo: Introdução: A terapia fotodinâmica (TFD) é uma opção de tratamento baseada na utilização de substâncias fotoquímicas que, ao impregnarem seletivamente o tecido anormal, agem como sensibilizadores para a atuação de radiação luminosa.
Objetivos: Avaliar a resposta clínica, o resultado estético e efeitos colaterais da aplicação de TFD utilizando o fotosensibilizante cloridrato de aminolevulinato de metila (MAL) em lesões de queratose actínica (QA), carcinoma basocelular (CBC) e doença de Bowen (DB).
Métodos: Após remoção de escamas ou crostas e impregnação da lesão com MAL, foi realizada a exposição à radiação de luz vermelha de 632nm (37 j/cm2),por 8 minutos, entre 5 e 8 cm de distancia da pele.
Resultados: Foram analisados 102 pacientes, sendo que 59 eram portadores de QAs, 32 de CBC e 11 de DB. Houve resposta completa na maioria dos pacientes após 12 semanas, excetuando-se 14 pacientes: 6 com QA, 2 com DB, 6 com CBC. O tratamento demonstrou excelente resultado estético. As principais complicações foram 1 caso de eritema severo e 1 de pústulas e edema importantes.
Conclusões: O presente trabalho, em consonância com a literatura, confirma a eficácia da TDF-MAL no tratamento de lesões de QA e neoplasias cutâneas não melanocíticas (NCNM), com semelhantes taxas de recidiva e melhores resultados estéticos em comparação com as terapias convencionais.


Estudo duplo cego comparativo entre hidroquinona e extrato de uva-ursina no tratamento do melasma

Double-blind comparative study of hydroquinone and ursine grape extract in the treatment of melasma

Andréia Mateus Moreira, Bruna Souza Felix Bravo, Adriana Gutstein da Fonseca Amorim, Ronir Raggio Luiz, Maria Cláudia Almeida Issa

Resumo: Introdução: Melasma é hiperpigmentação adquirida e progressiva em áreas fotoexpostas. Seu tratamento continua sendo um desafio por ser dermatose recorrente e refratária. Objetivo: Avaliar a eficácia e segurança do Skin Whitening Complex no tratamento do melasma facial, e compará-lo à hidroquinona. Pacientes e Métodos: Estudo duplo-cego comparativo com 13 mulheres portadoras de melasma.Todas receberam duas formulações diferentes, identificadas como “lado direito da face” e “lado esquerdo da face”, que foram aplicadas duas vezes ao dia durante 90 dias consecutivos. Apenas o farmacêutico responsável tinha conhecimento do conteúdo. Para análise estatística foram realizados os testes de Wilcoxon e ¿2 de McNemar-Bowker. Resultados: Das 13 pacientes, 10 apresentaram melhora clínica global do melasma. Na hemiface tratada com hidroquinona a 4%, a melhora foi total em quatro pacientes, e parcial em seis (p = 0,004). Na hemiface tratada com Skin Whitening Complex 5%, a melhora foi total em duas pacientes, e parcial em seis (p = 0,007). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois tratamentos (p = 0,223). Conclusões: Embora o tratamento com hidroquinona 4% apresente melhor resultado clínico, não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois tratamentos. O SWC 5% mostrou-se eficiente e seguro no tratamento do melasma.


Palavras-Chave: MELANOSE/TERAPIA, HIPERPIGMENTAÇÃO, HIDROQUINONAS

Comparação entre duas loções hidratantes de diferentes pHs na melhora da hidratação da pele e na redução do prurido

Comparison between two moisturizing lotions with diff erent pHs in skin moisture improvement and pruritus reduction

Vanessa Lucília Silveira de Medeiros, Mariana Colombini Zaniboni, Lúcia Helena Fávaro Arruda, Sérgio Luiz de Oliveira, Nilo Lemo Cobreiros

Resumo: Introdução: A dermatite atópica (DA) afeta aproximadamente 15% da população e é uma das doenças infl amatórias crônicas mais comuns da infância. O prurido e a xerose intensa da pele são os seus sintomas mais importantes. A restauração dos elementos da barreira de proteção epidérmica através do uso de emolientes é essencial para o tratamento da doença. Objetivo: Avaliar a melhora do prurido, a hidratação cutânea e xerose em dois grupos de pacientes utilizando hidratantes idênticos (aveia coloidal, Glicerol e petrolato), mas com diferentes pHs em pacientes com DA. Materiais e Métodos: Vinte e um pacientes, com idades entre 7 a 54 anos, com DA moderada a grave e prurido, foram divididos aleatoriamente em dois grupos. Os grupos foram trocados após 30 dias. Resultados: Os resultados foram avaliados após 60 dias. A melhora no prurido, na xerose e na hidratação foram avaliadas pelo médico, pelo paciente e por corniometria. Não houve diferença estatística em ambos os grupos, sendo então os dados avaliados como de um único grupo ao final. A redução do prurido foi observada por 59% dos pacientes e por 52% dos clínicos, e da xerose por 52% dos pacientes e 43% dos clínicos. O nível de hidratação da pele nas áreas com eczema aumentou em 79%, em comparação com o início do tratamento. Conclusão: Hidratantes contendo aveia coloidal, glicerol e petrolato com pH próximo ao da pele normal mostraram-se apropriados na melhora do prurido em pacientes com DA.


Palavras-Chave: DERMATITE ATÓPICA, PRURIDO, XEROSE, HIDRATANTE

Comparação da resposta imunológica à toxina botulínica tipo A na pele antes e após o tratamento da hiperidrose axilar

A comparison of the immunological response to botulinum toxin type A in skin before and after axillary hyperhidrosis treatment

Bhertha Miyuki Tamura, Luiz Carlos Cucé

Resumo: Introdução:Há relatos de casos publicados e não publicados sobre rash cutâneo, erupcoes acneiformes e desenvolvimento de Herpes simples em pacientes injetados com toxina botulinica para tratamento de rugas faciais e hiperidrose. Foi realizada uma pesquisa para determinar se há alteração imunológica na pele de pacientes tratados pela primeira vez com esta toxina. Métodos: Foi avaliada a resposta imunologica a toxina tipo A na pele de 15 pacientes com hiperidrose axilar antes e apÓs sua aplicaÇÃo. Os seguintes marcadores imuno-histoquimicos foram utilizados para definir o perfi l imunológico local antes e depois da aplicação de toxina botulinica: CD4+, CD8+, CD1a, CD25, anti-TNF-ƒ¿, HLA-DR, ICAM-1, anti-IFN-ƒÁ e anti-IL-4. Resultados e discussão: Realizou-se análise estatística descritiva de cada marcador, e os dados obtidos foram avaliados pelo teste dos sinais de Wilcoxon. Conclui-se que não houve alteração na pele após o tratamento da hiperidrose com toxina botulinica A quando comparados os marcadores.


Palavras-Chave: AXILAR, HIPERIDROSE, RESPOSTA IMUNOLÓGICA, TOXINAS BOTULÍNICAS, TRATAMENTO DE HIPERIDOROSE

Diagnóstico por imagem

Microscopia confocal no diagnóstico das lesões róseas da face

Confocal microscopy in the diagnosis of pink facial lesions

Gisele Gargantini Rezze, Luiz Roberto Terzian, Francisco Macedo Paschoal

Resumo: As lesões róseas solitárias da face podem apresentar padrão dermatoscópico inespecífico, sendo assim consideradas de difícil diagnóstico. Os diagnósticos diferenciais a considerar são: ceratose actínica, carcinoma espinocelular, carcinoma basocelular e melanoma amelanótico. A microscopia confocal pode ser utilizada como exame clínico auxiliar na realização do diagnóstico e na determinação dos locais mais significativos para se fazer uma biópsia. Apresentamos um caso para exemplificar a utilidade do exame de microscopia confocal nas pink lesions.


Palavras-Chave: DERMOSCOPIA, MICROSCOPIA CONFOCAL, CARCINOMA BASOCELULAR, CERATOSE ACTÍNIA

Educação médica continuada

Fontes de energia não laser no rejuvenescimento: parte II

Non-laser energy sources on rejuvenescence: part II

Roberto Mattos, Alexandre Filippo, Luiz Torezan, Valéria Campos

Resumo: Concomitantemente aos lasers, foram introduzidos na dermatologia aparelhos de luz pulsada. Sua tecnologia é diferente dos lasers, baseando-se na emissão de fótons que têm como alvos a melanina, a hemoglobina e a água contida no colágeno. Os aparelhos atuais possuem muitos itens de segurança, o que torna os tratamentos efi cazes e seguros. Novas tecnologias foram desenvolvidas visando ao combate à fl acidez: radiofrequência, baseada na emissão de elétrons, e luz infravermelha. Mais recentemente, a terapia fotodinâmica tem sido aplicada para o rejuvenescimento, com o intuito de estimulação do colágeno.


Palavras-Chave: LUZ PULSADA, LUZ INTENSA PULSADA, RADIOFREQUÊNCIA, INFRAVERMELHO, REJUVENESCIMENTO

Novas Técnicas

Uso do acelerador de cianoacrilato na fixação de lâmina plástica flexível para o tratamento da hipercurvatura transversa da unha

Use of cyanoacrylate accelerator in the fixation of flexible plastic blade for the treatment of transverse hypercurvature of the nail

Nilton Di Chiacchio; Nilton Gioia Di Chiacchio; Glaysson Tassara Tavares; Marcella Nascimento e Silva; André Luiz Almeida Silva

Resumo:

A hipercurvatura transversa é deformidade da placa ungueal, inestética e dolorosa, provocando desconforto ao paciente. O tratamento pode ser conservador ou cirúrgico. Dos conservadores a colocação da lâmina plástica de memória sobre a placa ungueal, utilizando cola de cianocrilato, promove rápida melhora da dor e seu alargamento entre três e seis meses. O uso de acelerador de cianoacrilato facilita o procedimento tornando-o mais rápido.


Palavras-Chave: UNHAS MALFORMADAS; UNHAS ENCRAVADAS; DOENÇAS DA UNHA; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS AMBULATORIOS

Abordagem de tumor cutâneo no conduto auditivo externo

Approaching a cutaneous tumor in the external auditory canal

Natalia Caballero Uribe; Luiz Roberto Terzian; Caroline Martins Brandão; Thales Costa Bastos

Resumo:

Lesões de difícil localização no pavilhão auricular têm-se mostrado um grande desafio para os cirurgiões dermatológicos, pois o acesso para sua abordagem cirúrgica tende a ser complicado. Neste artigo relata-se um caso de carcinoma basocelular acometendo a parte inferior da concha auricular esquerda, submetido à ressecção por cirurgia micrográfica de Mohs cuja abordagem mostrou-se desafiadora. Descrevemos uma tática para obter melhor acesso e visibilidade do campo cirúrgico e facilitar a execução do procedimento.


Palavras-Chave: PAVILHÃO AURICULAR; CIRURGIA DE MOHS; CARCINOMA BASOCELULAR

Técnica do anel para correção de cicatrizes inestéticas periauriculares

Ring technique for the correction of unaesthetic periauricular scars

Marina Emiko Yagima Odo, Lilian Mayumi Odo, Luiz Carlos Cucé

Resumo: As cicatrizes inestéticas alargadas ou hipertróficas periauriculares podem ser decorrentes da tensão sobre a sutura das incisões da ritidoplastia. Em estudo retrospectivo de cinco anos, 10 pacientes do sexo feminino portadoras de cicatrizes inestéticas foram tratadas com a técnica do anel periauricular. Utilizou-se o fio de politetrafluoretileno em seis casos e o de mononylon 2-0 duplo em quatro casos, introduzidos com agulha de fáscia lata sem bisel. Após a exerese da cicatriz, as bordas foram aproximadas, e o anel amarrado e fixado na fáscia do músculo temporal. O resultado foi satisfatório. Em dois casos os fios foram removidos sem alteração do resultado estético final das cicatrizes.


Palavras-Chave: CICATRIZ, CICATRIZ HIPERTRÓFICA, RITIDOPLASTIA, ORELHA

Relatos de casos

Reconstrução de ferida cirúrgica do lábio inferior com retalho de Abbe após cirurgia de Mohs para carcinoma espinocelular

Surgical wound reconstruction of the lower lip with Abbé flap after Mohs surgery for squamous cell carcinoma

André Cesar Antiori Freire Pessanha; Luiz Roberto Terzian; Fernanda de Sousa Ferrara

Resumo:

O câncer do lábio corresponde a 25-35% de todos os cânceres de boca. O carcinoma espinocelular é o tipo histológico mais comum nesse local (95%). São descritas diversas opções de reconstrução de feridas após exerese desse tipo de tumor no lábio inferior, cuja escolha depende da experiência do cirurgião e da proporção do defeito final em relação à dimensão do lábio. Descreve-se caso de paciente do sexo masculino com ferida no lábio inferior diagnosticada histopatologicamente como carcinoma espinocelular invasivo. Procedeu-se à cirurgia de Mohs tendo sido feita a reconstrução com retalho de transposição do lábio superior (retalho de Abbe). Na evolução observou-se abertura completa da boca, sem prejuízo funcional da fonação e mastigação, e com resultado cosmético favorável, demonstrando-se assim a utilidade desse tipo de reconstrução.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS; CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS; RECONSTRUÇÃO

Abordagem do carcinoma espinocelular de alto risco no couro cabeludo: série de casos

Surgical management of high-risk squamous cell carcinoma of the scalp: series of cases

Lorena Rodrigues Teixeira E. Silva; Ana Maria Quinteiro Ribeiro; Luiz Fernando Fróes Fleury Júnior

Resumo: O carcinoma espinocelular é o segundo tumor cutâneo mais comum e apresenta comportamento mais agressivo do que o carcinoma basocelular. Acomete principalmente pacientes acima de 60 anos e pode ser fator importante de morbidade e mortalidade para os idosos. Sua abordagem deve levar em consideração as características da lesão e o estado geral do paciente. Nosso objetivo é mostrar que o não fechamento primário após excisão de tumores no couro cabeludo é uma opção terapêutica no tratamento de tumores de alto risco.


Palavras-Chave: CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS; COURO CABELUDO; CICATRIZAÇÃO

Implante de silicone líquido para tratamento estético: cursando com reações adversas tardias locais e sistêmicas

The use of a liquid silicone implant for aesthetic treatment: coursing with late local and systemic adverse reactions

Carlos Augusto Zanardini Pereira; Luiz Carlos Pereira; Ivo Acir Chermicoski; Margarete Iassuko Furusho; Valéria Zanela Franzon

Resumo:

Desde a Antiguidade, o ser humano tem interesse em melhorar seu contorno corporal. O silicone líquido tem sido utilizado para esse fim, com o objetivo de melhorar deformidades. Apresentamos o caso de paciente portadora de paralisia do membro inferior direito, submetida a injeções de grandes volumes de silicone injetável no membro afetado para correção de seu contorno. Após 10 anos a paciente apresentou complicações locais decorrentes das injeções de silicone - lesões de esclerodermia localizada e nevo lipomatoso superficial de crescimento progressivo no membro afetado - e quadro clínico e laboratorial de artrite reumatoide. O silicone líquido injetável deve ser contraindicado como material para implante.


Palavras-Chave: COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS; NEOPLASIAS; SILICONES

Leiomiossarcoma cutâneo: relato de caso

Cutaneous leiomyosarcoma: a case report

Luciana Martins Rodrigues Salgado; Livia de Vasconcelos Nasser Caetano; Gabriela Moura de Paula; Maria Auxiliadora de Paula Carneiro Cysneiros; Luiz Fernando Fróes Fleury Junior

Resumo:

O leiomiossarcoma cutâneo é neoplasia rara com tendência a recorrência e possibilidade de metástases. Relatamos o caso de paciente do sexo feminino, que estava sendo tratada com infiltrações de triancinolona em lesão de leiomissarcoma dérmico, erroneamente diagnosticado como queloide.


Palavras-Chave: LEIOMIOSSARCOMA; NEOPLASIAS CUTÂNEAS; QUELOIDE

Apresentação atípica de tumor de células granulares

Atypical presentation of a granular cell tumor

Kássila da Rosa Nasser; Luiz Carlos Cuce; Rossana de Farias Vasconcelos; Ana Carolina Macedo; Juliana Garcia Kako Rodriguez; Rodrigo Garcia Arruda; João Guilherme Finizola

Resumo:

Relato do caso de paciente do sexo masculino com raro tumor de células granulares em braço esquerdo, comprovado com histopatológico e imuno-histoquímica (proteína S100 e CD68 positivas).


Palavras-Chave: BRAÇO; NEOPLASIAS CUTÂNEAS; TUMOR DE CÉLULAS GRANULARES

Poroma écrino pigmentado simulando melanoma maligno

Pigmented eccrine poroma simulating malignant melanoma

Daniela Tiemi Sano; Jeane Jeong Hoon Yang; Cristiano Luiz Horta de Lima Júnior; José Roberto Pereira Pegas

Resumo: O poroma écrino é tumor benigno de glândula sudorípara écrina ou apócrina. Trata-se de lesão solitária, geralmente cor da pele, localizada em palmas e plantas. Relatamos caso clínico de poroma écrino pigmentado, pela apresentação clínica rara e atípica do tumor, simulando melanoma maligno.


Palavras-Chave: POROMA; NEOPLASIAS DAS GLÂNDULAS SUDORÍPARAS; MELANOMA.

Osteomas cutâneos miliares múltiplos da face – relato de caso

Multiple cutaneous miliary osteomas of the face: a case report

Alceu Luiz Camargo Villela Berbert; Sônia Antunes de Oliveira Mantese; Karen Renata Nakamura Hiraki; Adriano Mota Loyola; Naiana Pereira Queiroz

Resumo: Introdução: Osteoma cutâneo miliar múltiplo é doença rara, caracterizada por tecido ósseo ectópico na derme e/ou hipoderme. Usualmente ocorre na face, em pessoas entre 17 e 79 anos. A etiologia é ainda desconhecida. Relata-se caso de paciente do sexo feminino, apresentando placa papulosa de coloração castanho-escura, endurecida, acometendo regiões malares e mentoniana, mal delimitada, com superfície irregular, formada por lesões papulonodulares, hipercrômicas, algumas branco-amareladas, há dois anos, referindo acne, desde os 16 anos de idade, não tratada, tendo o diagnóstico sido confirmado histopatologicamente e apresentado resultado terapêutico satisfatório com uso de tretinoína creme 0,1%.


Palavras-Chave: OSTEOMA, DESCALCIFICAÇÃO PATOLÓGICA, OSSIFICAÇÃO HETEROTÓPICA

Acometimento oral em portador de neurofibromatose tipo I

Oral involvement in a patient with neurofibromatosis type I

Alceu Luiz Camargo Villela Berbert; Adriano Mota Loyola; Sônia Antunes de Oliveira Mantese; Bruno César Dornela; Mabel Duarte Alves Gomides

Resumo: A neurofibromatose do tipo 1, também conhecida como neurofibromatose de von Recklinghausen, é doença autossômica dominante, que afeta 1:3000 recém- nascidos. Aproximadamente 50% dos pacientes de NF1 não apresentam história familiar da doença. Língua, rebordo alveolar da mucosa bucal, gengivas, lábios, palato, assoalho da boca e o espaço faringomaxilar podem ser acometidos por tumores em associação com NF1, sendo a língua o local mais comum. Relata-se o caso de paciente do sexo feminino, de 29 anos, apresentando neurofibroma na língua, ressaltando-se a possibilidade de manifestações da doença na cavidade oral e seus diagnósticos diferenciais.


Palavras-Chave: NEUROFIBROMATOSE 1, NEUROFIBROMA PLEXIFORME, NEUROFIBROMA, DOENÇAS DA LÍNGUA

Curativo de hidrofibra com prata: opção de tratamento para pênfigo vulgar

Hydrofiber dressing with silver: a treatment option for Pemphigus vulgaris

Sonia Maria Fonseca de Andrade, Michelle Cavalcante Pontes, Daniela Tiemi Sano, Ana Claudia Grizzo Peres Martins, José Luiz Gonzaga Júnior

Resumo: O pênfigo vulgar é doença grave, que se caracteriza pelo aparecimento de bolhas e erosões mucocutâneas, tratadas sistêmica e topicamente. Alguns pacientes apresentam no tegumento lesões resistentes às terapias disponíveis. A hidrofibra com prata é curativo retentor e umidificador com amplo espectro bacteriano eficaz no tratamento de feridas e doenças bolhosas. Relata-se caso de PV com lesões na face e na região cervical que, tratado com curativo de hidrofibra com prata, apresentou melhora das lesões em dez dias.


Palavras-Chave: CICATRIZAÇÃO, CURATIVOS OCLUSIVOS, DOENÇAS AUTO-IMUNES

Cirurgia micrográfica de Mohs em tricoblastoma recidivado

Mohs Micrographic Surgery on recurrent trichoblastoma

Luciana Takata Pontes, André Luiz Simião, Fernando dos Ramos Seugling, Rafael Fantelli Stelini, Maria Letícia Cintra, Elemir Macedo de Souza, Aparecida Machado Moraes

Resumo: O tricoblastoma é tumor anexial raro, benigno, de crescimento lento e bem-circunscrito. Apesar de ser considerado neoplasia benigna, existem casos de tricoblastomas com comportamento agressivo. Relata-se o caso de uma paciente do sexo feminino, de 66 anos, com lesão tumoral recidivante e de crescimento contínuo na asa nasal direita tratada com cirurgia micrográfica de Mohs.


Palavras-Chave: CIRURGIA DE MOHS, NEOPLASIAS CUTÂNEAS, RETALHOS CIRÚRGICOS


Facebook Twitter

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações